História

Esse nome é uma alusão a arroio (rio), que corre rolando. Em 1626, o padre Roque Gonzales de Santa Cruz, penetra no Rio Grande do Sul, para converter índios por toda a margem esquerda do rio Uruguai. Funda várias reduções, e entre elas, a Redução Jesuítica de Nossa Senhora da Candelária, localizada a 30 Km da localidade de São Luiz Gonzaga, um dos Sete Povos das Missões e a três quilômetros do Rolador.
Os registros e documentos referentes à pressuposta origem não existem ou foram extraviados devido ao seu distanciamento de um grande centro cultural. As primeiras fontes figedignas e oficiais surgiram somente a partir de 1900, com as imigrações para a região, patrocinadas por companhias alemãs de colonizadores, que se fixaram na Colônia de Serro Azul, a 20 Km do Rolador.
Acredita-se que a Redução de Nossa Senhora da Candelária foi abandonada pelos índios e nativos que procuraram a proteção do Arroio Rolador, ali constituindo o povoado de mesmo nome. Nada se sabe de concreto a respeito da origem desse nome, no entanto a maioria atribua às águas pouco profundas e às corredeiras do arroio, que vão “rolando” através do seu leito de pedregulhos, propício para a instalação de serrarias, engenhos e moinhos movidos pela força de suas águas, motivo de atração à muitas famílias. Outras foram atraídas pelas terras próprias para a prática da agricultura e da pecuária. Rolador foi ponto de referência para tropas militares, andarilhos, comerciantes ambulantes e tropeiros que por aqui cruzaram. Sua gente é uma mescla de índios nativos, desbravadores, portugueses e espanhóis, além de gaúchos fronteiriços e castelhanos.
Em 1924, a Intentona Comunista, movimento criado pelo Sãoluizense, Luiz Carlos Prestes, agitou a população do pequeno povoado pela presença da Coluna Prestes às margens do rio Ijuí, limite entre Rolador e a Colônia Serro Azul. Criada a Estação Ferroviária do Rolador em 1957, com os subsídios que os novos habitantes (funcionários da rede ferroviária e suas famílias) trouxeram, surgiram também escolas, igrejas, centros comunitários e de lazer, bares e comércio de gêneros alimentícios, tecidos, ferramentas e alguns medicamentos. A transformação do povoado em distrito estava próxima. Outra versão conta que os viajantes carreteiros, nas madrugadas, ouviam ruídos assustadores que davam a impressão de algo rolar rio abaixo.
Aniversário Rolador é 16 de abril.
Quem nasce ou mora no município de Rolador chama-se: ROLADORENSE.
Município mãe: São Luiz Gonzaga.