Notícias

21/09/2021 15:09


Abertura das Fronteiras terrestre da Argentina

Foi antecipado pela ministra da Saúde, Carla Vizzotti, juntamente com um pacote de medidas para amenizar as restrições devido à pandemia do coronavírus na Argentina
  A Ministra da Saúde, Carla Vizzotti, acompanhada pelo novo Chefe de Gabinete, Juan Manzur, anunciou hoje um pacote de medidas para amenizar as restrições devido à pandemia do coronavírus, incluindo a abertura gradual das fronteiras terrestres a partir de 1º de outubro e a autorização de turismo estrangeiro a partir de 1º de novembro.
 
Em relação às fronteiras terrestres, o responsável esclareceu que serão com corredores seguros, homologados pela autoridade sanitária e com cota definida pela capacidade de cada jurisdição.
 
Além disso, ficou estabelecido que a partir de 24 de setembro será eliminado o isolamento de argentinos, residentes e estrangeiros que venham a trabalho e sejam autorizados pela autoridade de imigração. Além disso, a partir de primeiro de outubro será permitida a entrada de estrangeiros de países vizinhos sem a necessidade de isolamento.
 
Por outro lado, entre outubro e novembro, a cota progressiva de entrada será aumentada em todos os corredores seguros, aeroportos, portos e terrestres. Essa foi uma das principais reclamações ao Governo de argentinos que viajaram ao exterior nos últimos meses por diversos motivos.
 
Em relação ao turismo, a entrada de estrangeiros será autorizada a partir de 1º de novembro. Nesse ponto, há uma série de requisitos: devem ter esquema de vacinação completo, com data da última aplicação pelo menos 14 dias antes da chegada ao país; teste PCR negativo nas 72 horas anteriores ao embarque, ou antígeno no ponto de entrada até definido pela autoridade sanitária; e teste PCR do 5º ao 7º dia de chegada até definido pela autoridade sanitária.
 
De acordo com o Ministério da Saúde, aqueles que não apresentam esquema vacinal completo, inclusive menores, devem realizar quarentena, teste de antígeno na admissão e teste de PCR no dia 7.

Requisitos para entrar na Argentina:

  • Comprovante de vacinação completo, com data da última aplicação pelo menos 14 dias antes da chegada ao país. Aqueles que não atendem a este requisito, independentemente da idade, devem ficar em quarentena por 7 dias
  • Teste de PCR negativo nas 72 horas anteriores ao embarque
  • Teste de antígeno na entrada no país (existe um centro de testes no Aeroporto de Ezeiza), e teste PCR entre o 5º e o 7º dia de chegada
  • O uso de máscara é obrigatório na maior parte do país

Aqueles que desejam viajar para diferentes destinos na Argentina devem cumprir os requisitos exigidos por cada província, especificados no site oficial do governo, onde o Certificado de Turismo deve ser emitido se necessário.

EM DESTAQUE

Pousada das Missões

Associação dos Municípios das Missões AMM

Têm em comum a história e a disposição de luta pelo crescimento econômico e social da Região Missões.

Saiba mais

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...