Notícias

08/06/2018 17:35


# Lendas, Costumes e Crenças do Chimarrão

A maior Joia dos Gaúchos. Como todos reconhecem um homem de origem pampeana, gaúcho ou descendente desta região sul-americana que se espalhou pelo mundo e seus infinitos hábitos e características, trazem em sua história verdadeiro patrimônio, na miscigenação da origem a colonização um valor ao nosso sangue que mais que uma raça nos fez Nação. Um povo que tem na Cruz de Quatro Braços um símbolo como seu Hino ou Brasão
Fala-se Tchê e nesta simples palavra carregada de simbolismo conforme a conotação, o tom quer dizer mais coisas ainda. Nossas roupas, comidas, animais, instrumentos tudo de uma pagina se faz um livro e se perde em capítulos e capítulos pelo infinito de criação que envolve um passado tão presente.
Mas há um símbolo que liga e representa a tudo, o Chimarrão, não há bebida que possa alterar o comportamento da humanidade igual ao habito de matear. 
Nunca aos sorver esta seiva sagrada você está sozinho, o comportamento, a forma com que a erva é preparada, o carinho e a temperatura da agua, o fogo, a cuia, bomba... Tudo te leva a meditar e é uma verdadeira comunhão com o passado, te obriga a apaziguar o espirito, e te prepara para toda e qualquer lida. Como se todos os teus ancestrais e passado estivessem te trazendo à experiência e a parceria nesta hora.
Há muita cultura e saúde neste habito, tanto que podemos afirmar que o Chimarrão uma das soluções para o mundo” e todo e qualquer vivente que tenha contato com o seio moreno da cuia entenderá “Mistério do Chimarrão” sua história, origem nos Guaranis e assim entender o “Porque o primeiro mate é do dono ou a diferença do “Chimarrão dos Gaúchos Brasileiros e o dos Hermanos” a diferença "medicinal de um mate com espuma ou não” ou para que o “Chimarrão é indicado para que”. 
O Chimarrão é a seiva nativa gaúcha, néctar de ligação entre tudo o que o gaúcho é e seus ancestrais, como podemos ler na Lenda Da Erva Mate tudo que une espirito tão humilde e bravo, que transformou em nação um povo de múltiplas origens e cores, que tem na família o alicerce de tudo o que nos formou uma raça de múltiplas cores e origens. Está bebida saudável é facilmente explicada por um Taura” e possui, entre muitos, “10 mandamentos principais do chimarrão”.
Hoje o Gaúcho, esta raça humilde e forte que tem na musica como os “Quatro Troncos” uma forma original e contagiante, que tem em seu “Hino Riograndense” uma das maiores verdades da terra. 
Ganhamos do Papa João Paulo II o presente de termos a "Nossa Senhora do Chimarrão". Em nossas escolas muitas vezes o estudo da erva mate leva ao habito de matear e amplia a visão do que temos e somos. "Carijada, método tradicional de fazer Erva Mate persiste na Missões".
A mil e uma formas de se fazer chimarrão, cada um na verdade tem a sua, mas este vídeo busca ensinar uma das formas mais fáceis e cabe a cada gaúcho personalizar o seu Chimarrão conforme seu aparelho. 
Site: Reduções Jesuítitas – RESUMO - 1º E 2º Período
Site: 11 de Setembro de 1836 - Proclamação da República Rio-Grandense
Site: 20 de Setembro Feriado Santo dos Gaúchos
Vídeo: Nego Betão ensinando usar Boleadeira; 
Site: Artur Arão o Bandoleiro do Riogrande
Site: Espetáculo de Som e Luz
Site: Monumento ao Coração do Santo Padre Jesuíta Roque Gonzáles

EM DESTAQUE

Churrascaria do Chico

Fazendo vontades com sabor, qualidade e economia.

Saiba mais

Fuscar Multimarcas Peças e Serviços

Restaurante o Guarani

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...