Notícias

10/03/2017 16:43


As Versões do Cancelamento do Carnaval

Carnaval de Rua é cancelado em Santo Ângelo (fonte Rádio Santo Ângelo)
NOTA DE ESCLARECIMENTO
A LIESSA - LIGA INDEPENDENTE DAS ESCOLAS DE SAMBA DE SANTO ÂNGELO -, juntamente com a SECRETARIA DE TURISMO responsáveis pela realização do Carnaval de Rua do Município, vem a público esclarecer os motivos que levaram ao cancelamento das festas momescas.
Considerando que desde o momento em que foi aventada a hipótese de realização do Carnaval de Rua de Santo Ângelo, o senhor prefeito municipal, considerando a forte crise nos cofres públicos e tendo como áreas prioritárias de investimentos a saúde, educação e segurança, sempre alertou que o município não investiria recursos orçamentários próprios no evento, ficando então a cargo da LIESSA em parceria com a SECRETARIA DE TURISMO organizar o desfile bem como angariar patrocínios através da Lei Rouanet.
Inicialmente houve acerto com vários apoiadores, sendo um patrocinador MASTER, e com o aporte destes patrocínios a Liga/Secretaria do Turismo poderiam custear as despesas originadas com a organização do evento.
Ocorre que o patrocinador MASTER não aportou a verba inicialmente comprometida, e por essa razão, não havendo tempo hábil para angariar novos apoiadores e consequentemente uma melhor estruturação das escolas de samba de Santo Ângelo, não houve alternativa a não ser o cancelamento do Carnaval de Rua 2017.
Em reunião realizada durante a semana as escolas de samba chegaram ao consenso de que seria cancelado o Carnaval de Rua de 2017, e, as escolas juntamente com a Secretaria do Turismo imediatamente começariam os preparativos e a estruturação para realizar um grande Carnaval de Rua no ano de 2018 LIESSA
SECRETARIA DO TURISMO
*A notade esclarecimento está assinada pelo titular Secretaria Municipal do Turismo, Esportes, Lazer e Juventude, Vando Ribeiro de Souza, e pela presidente da Liga das Escolas de Samba de Santo Ângelo – LIESSA – Maria Fátima Benetti.

Tambores silenciados: uma semana após o lançamento, carnaval de rua é cancelado. (Fonte Jornal Tribuna) 
Prefeito Jacques Barbosa participou da solenidade na semana passada quando foi o anunciado o desfile, que ontem foi cancelado (Crédito foto: Banco de dados/AT)
Uma semana após a grande festa realizada para o anúncio do Carnaval de Rua 2017, a Liga das Escolas de Samba de Santo Ângelo anunciou o cancelamento do evento pela falta de recursos e patrocinadores.
A presidente da Liessa disse que em reunião realizada no final da tarde de terça-feira, 7, integrantes da escolas de samba e da Liga decidiram pelo cancelamento do evento que estava previsto para o dia 25 de março.
JUSTIFICATIVAS
A presidente da Liessa, Fátima Benetti, disse que os organizadores estavam tendo dificuldade com os patrocinadores máster, principalmente devido à realização da 18ª Fenamilho.
“Muitos destes patrocinadores que poderiam nos ajudar estão apoiando a feira. São poucos os recursos, o tempo é escasso e as dificuldades são grandes”, disse Fátima que em entrevista anterior destacou a viabilidade de realização do evento mesmo com poucos dias para o desfile.
Fátima conta que cerca de 40% dos camarotes tinham sido reservados, sem detalhar se chegou a ser comercializado algum deles depois do lançamento das vendas, quando foi anunciado o valor de R$ 1,3 mil para 20 pessoas e um barril de chope de 30 litros.
A presidente da Liessa salientou que havia muita vontade de as escolas desfilarem, pois apenas a Acadêmicos do Improvizo não tinha confirmado participação.
“Ficamos tristes com toda essa expectativa gerada na comunidade, mas o município não tem dinheiro, faltam patrocinadores e sem recursos não é possível carnaval. Nossa ideia era repassar R$ 20 mil para as escolas de samba e a gente sabe que é um valor baixo, pois em média as escolas gastam em torno de R$ 40 mil a R$ 60 mil para viabilizar um desfile, claro tudo dependendo das fantasias e carros alegóricos”, observou.
FESTA DE ANÚNCIO
Na quarta-feira, dia 1º de março, o secretário Vando Ribeiro havia anunciado com entusiasmo a realização do Desfiles das Escolas de Samba de Santo Ângelo na avenida Venâncio Aires.
Ao lado do prefeito Jacques Barbosa e demais autoridades presentes, Vando fez uma ampla explanação da viabilidade de realização do carnaval, com apresentação da pista da passarela do samba, dos pontos dos camarotes que seriam comercializados.
Depois foi servido um grande coquetel aos convidados com distribuição de chope.
Fonte Tribuna.

EM DESTAQUE

Hotel Raios De Sol Missioneiro São Pedro do Butiá RS

Associação dos Municípios das Missões AMM

Têm em comum a história e a disposição de luta pelo crescimento econômico e social da Região Missões.

Saiba mais

Restaurante o Guarani

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...