Notícias

02/12/2018 15:54


18 cidades gaúchas mais desenvolvidas do Brasil por Mauro Tschiedel

Entre as 100 cidades mais desenvolvidas, qualidade de vida, educação, comércio, transporte 18 são do Rio Grande do Sul. 
Mauro Tschiedel ; empresário Santo Ângelo. _"Então, precisamos mudar isto"!
- Não sonhem que a mudança virá de fora ou de uma única pessoa. Ou entendemos que todos nós somos responsáveis por um pouco, ou não estaremos na lista e possívelmente iremos piorar de posição.
- Enquanto achamos que os 'politicos' irão solucionar o problema de emprego, saúde, etc, não estaremos na lista e possívelmente iremos piorar de posição.
- Ao ficarmos olhando a cidade do lado e reclamando, não estaremos na lista e possívelmente iremos piorar de posição.
- Enquanto as pessoas acharem que reclamar das coisas no facebook (igual to fazendo) irá mudar algo, não estaremos na lista e possívelmente iremos piorar de posição. 
Alguns comentários:  

Valter Stiler Pois é! Santo Ângelo nem aparece... Precisamos colocar gestores na política de Santo Ângelo, ai vamos ter desenvolvimento e faremos uma comunidade forte. Também nosso empresários precisam apostar mais no desenvolvimento, e com isso vamos trazer ou fazer mais indústrias para nossa cidade.
Marcio Antunes Santo Ângelo tem solução, e bem fácil, sempre esteve travada por interesse próprio de alguns, várias empresas foram embora, ou nem mesmo se instalaram, RBS, faculdade federal, e outras, por politicagem, Santo Ângelo precisa ser destravada, desta máfia que governa por interesse próprio.
O novo plano diretor que vai a votação daqui mais uns dias, um atraso para Santo Ângelo, rede hoteleira proibida de se instalar, postos de gasolina proibidos em Santo Ângelo, shopping proibidos isto tudo politicagem, a cidade não avança, não tem incentivo do poder público, a prefeitura inchada de tantos ccs, mais de um milhão por mês de cargos de confiança, altos impostos cobrados da população, empresas que não conseguem avanço devido impostos alvarás caríssimos, e por ai vai... 
Mauro Tschiedel Victor, Marcio, Jairo, acho que o que precisamos parar de olhar para trás. 
O que 'perdemos', perdemos, o que ganhamos, os outros 'perderam'. Regionalmente precisamos ser fortes, não perdemos tudo, cidades vizinhas ganharam, que muitos vem consumir aqu
i, então, não é todo perdido.
Se foi o partido A, prefeito B, não vai nos levar à lugar algum, pois cada um tem sua visão e decisão a ser tomada. Se dentro de casa o marido e mulher pensam diferente, imagina na politica partidária.
Acho que pensar em coisas, que destravem o desenvolvimento ou facilitem, é necessário. Como jairo falou, ano é de 2016 os dados, podemos estar pior, ou melhor, mas sabemos que não 'explodimos' e nem 'implodimos' em desenvolvimento. 
Na minha visão, não existirá meio de desenvolvimento sem fomento ao comércio, e quando falo comércio nao é só produto, mas sim, produtos e serviços que tragam dinheiro de fora. Exemplo simples, se tiveremos uma agroindustria de suco ou uma empresa de contabilidade, e esta só vender em santo angelo, ela irá pegar o dinheiro da cidade e circular aqui. Agora se esta mesma conseguir cruzar as fronteira e vender em cidades distantes, ela trará dinheiro para cá. Este é o ponto da engrenagem.
Bom, agora como conseguimos chegar nisto? Precisamos de empresas, que comecem fazendo o trabalho "pequeno" para criar corpo e expadir para fazer esta comercialização 'externa'. 
Não é simples, nao é facil e não é rapido. Mas precisamos pensar em como isto poderá ser facilitado, para estas empresas 'crianças' possa começar engantinhando mais facil e no futuro estarem caminhando. 

Ione Oliveira Costa Victor Silva isso é verdadeiro! 
Victor Silva Marcio Antunes Mas na hora das votações na câmara...vocês combinam voto dentro do partido...as decisões tudo combinado e se combinam pra fazer oposição aos projetos do prefeito sejam ou não vantajoso pro povo, se este for de outro partido....todos fazem ou pelo menos 90%. Na realidade a questão partidaria sempre fala mais auto que os interesses comuns da sociedade. 
Marcio Antunes Victor Silva não meu amigo, eu não combino voto, jamais, não devo nada para o partido voto pelo que é favorável ao povo, votei contra criação de cargos na prefeitura, votei contra ao aumento de impostos, IPTU taxa de lixo, e taxas de alvarás, não faço oposição, não sou oposição, sou a favor do que é de interesse do povo não a mim, não tenho cargo na prefeitura para não votar no que o prefeito manda, voto livre, este empréstimo de 10 anos para iluminação em duas ruas fui contra, devido já ter um empréstimo de 5 milhões aprovado em dezembro para a mesma finalidade, e onde está o dinheiro para já fazer outro de um milhão e meio, é isso que cobro, o IPTU dobrou de 6 milhões por ano para 12 milhões e aonde está o investimento, assim como o povo nos cobra e quer resposta eu cobro do executivo. 
Victor Silva Gostei da resposta. Mas você foi contra ou a favor do aumento do salario dos vereadores?
Marcio Antunes Victor Silva fui contra e antes mesmo da votação fizemos um requerimento para que o prefeito retirasse os projetos, sem sucesso, aí votamos contra, sendo aprovado pelos vereadores da base do prefeito, e vetado após pelo Prefeito sobre toda a pressão popular... 
Daniele Ribas Pilau Christensen Eu sugiro:
1- para cada novo "projeto" apresentado pelos vereadores, que pelo menos dois obstáculos burocráticos devem ser retirados da vida dos empreendedores. 
2- Botar pra rodar a "Curva de Laffer" de imediato é outra opção que deve ser instituída j
untamente com a primeira (redução imediata de impostos). 
3- Reduzir o número de vereadores, 
4- reduzir o número de CCs, 
5- reduzir o salário de todos eles, 
6- reduzir valor de diarias e da ajuda de custos para viagens 
7- prestação de contas com o documento digitalizado no portal de transparência
8- Liberação de horário para o comércio
Já dá pra começar. 

Rogério Tonetto Winkler Somente haverá mudanças caso houver união das entidades, lideranças todos pensando na municipalidade através de planejamento a longo prazo. 
Juliano Wendt Santo Ângelo tem muita gente que investe em poupança, aplicações e outros imobilizam em imóveis, o que trava a geração de emprego e renda do município. 
Grasiano Tolfo O principal combustível pra modificar esse cenário é um real incentivo para quem empreende. É extremamente difícil empreender por aqui. A gente faz porque gosta da cidade, acredita. Mas qualquer empreendedor (incluindo eu) já fez as contas e viu que seria mais fácil ir pra outra cidade. Mas a gente vai continuar por aqui e, se Deus permitir, expandir por estas bandas. 
Mauro Tschiedel O real incentivo, muitas vezes nao é 'dar grana', mas sim, ajudar com informação, facilitando as coisas. O que vejo no brasil é muita coisa tipo.."tá errado", mas nao diz o que fazer para consertar da forma mais 'simples' e barata.
É olhar a lei, e ver
...bah, o cara tá se ferrando para ter um documento que eu já tenho consultando o site da sefaz. Canso de receber solicitações, quando vendo para governo, de que preciso assinar uma 'carta' dizendo que sou do simples nacional, e pra que? se é só consultar o portal do simples para terem esta informação. Isto é uma migalha perto do que poderia ser simplificado.

EM DESTAQUE

Tenda da Terra

Artesanato Indígena, Artigos Gaúchos, Quadors, Esculturas, Pintura em Tela, Camisetas, livros, Porcelanas, Cestarias e Lembranças da região.

Saiba mais

Associação dos Municípios das Missões AMM

Têm em comum a história e a disposição de luta pelo crescimento econômico e social da Região Missões.

Saiba mais

São Pedro Butiá

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...