Notícias

03/09/2018 16:52


MAQUINA DO ABRAÇO

Você deu ou ganhou um abraço hoje? Já diz na letra da música, Dentro de um Abraço da Banda Jota Quest que “o melhor lugar do mundo é dentro de um abraço”. Um abraço dado com sinceridade e afeto libera um hormônio especial chamado oxitocina, mais conhecido como o hormônio do amor, onde liberado relaxa os músculos, alivia dores, proporciona bem estar físico e emocional. Pode reduzir, pelo abraço, os níveis de cortisol (hormônio do estresse) diminuindo os batimentos do coração e como conseqüência a pressão sanguínea, reduzindo o risco de sofrer doenças cardíacas. Através de uma linguagem não verbal o abraço pode ser o veículo que transmite compreensão e empatia. É de graça, acolhedor e confortante tanto para quem dá como para quem recebe. Há quem diga que no abraço você deve sentir o coração da outra pessoa, porém só pelo fato de se abraçar já está valendo.
E quem não consegue abraçar ou ser abraçado, como o caso da Norte Americana MaryTemple Grandin, uma mulher com autismo que revolucionou as praticas para o tratamento racional de animais vivos em fazendas e abatedouros (Wikipédia). Pois Temple Grandin criou a máquina do abraço, baseado em observação, na fazenda de seu tio, quando da vacinação do gado de corte. Fascinada pelo manejo notou que quando embretados, barras de ferro se fechavam até o ponto de segurá-los. Eles não se machucavam, ficavam tranquilos e eram vacinados. Pela sua sensibilidade e uma maneira diferente de ver o mundo criou a máquina do abraço (similar ao usado para prender o gado), onde em seus momentos de fúria, ficava dentro da máquina até que se sentisse relaxada. Assista ao filme. Abraços a todos.
TEMPLE GRANDIN

Ricardo Kemper
Fone/whats (55)99101-8557

EM DESTAQUE

Churrascaria do Chico

Fazendo vontades com sabor, qualidade e economia.

Saiba mais

Restaurante e Lancheria A Cidade dos Anjos

Restaurante o Guarani

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...