Notícias

07/05/2019 10:00


10ª Cavalgada na Trilha dos Santos Mártires encerra com êxito

O domingo dia 05 de maio marcou o encerramento da 10ª Cavalgada na Trilha dos Santos Mártires, na Região das Missões do Rio Grande do Sul, após 180 km percorridos a casco de cavalo. O evento é realizado anualmente, já chegando em sua 10ª Edição, organizado pela Associação Amigos da Trilha dos Santos Mártires. Tem como objetivo evidenciar a religiosidade, história e a preservação ambiental. O ponto de partida ocorre no marco, onde segundo historiadores, começa o Rio Grande do Sul: Cruz do Passo do Padre em Santo Izidro, interior de São Nicolau.
      O evento iniciou no dia 28 de abril e passou por todos os pontos que evidenciam a história dos padres jesuítas Roque Gonzales, Afonso Rodrigues e João de Castilhos. Entre os locais de passagem da trilha destacam-se: o Sítio Arqueológico, em São Nicolau; a Cruz no local do martírio do padre João de Castilhos; o Santuário de Assunção do Ijuí; o Cerro do Inhacurutum, ponto mais alto da Região das Missões, onde morava o Cacique Nheçu; A Redução Jesuítica de Nossa Senhora da Candelária do Caaçampamini, no município de Rolador; e, por fim, o Santuário do Caaró, onde ocorreu o martírio dos padres Roque Gonzales e Afonso Rodrigues. Por onde passam os cavalarianos são recebidos com a cordialidade das comunidades do interior, oportunidade em que os municípios evidenciam a sua riqueza cultural com apresentações artísticas e comidas típicas.
      Em Caaró, os cavalarianos foram recebidos com uma Missa Crioula, presidida pelo Padre Cassiano. Em uma previa avaliação a coordenação da trilha destacou que cada ano aumenta o número de participantes, o que gera maior demanda de acomodação dos cavalarianos e infraestrutura para os animais. Além de cavalarianos de diversos municípios do Rio Grande do Sul, neste ano teve representantes de Santa Catarina, Paraná e São Paulo. O grupo maior foi de Santa Maria, com integrantes do Grupo Santo Expedito. Coordenador da Cavalgada, professor e vereador de Caibaté, Charlei Willers disse que foram mais de 30 cavalarianos que fizeram todo o percurso, chegando a somar até mais de 60 em alguns municípios, através de grupos locais que se integraram e percorreram pequenos trechos. A Cavalgada é desenvolvida todos os anos na semana em que transcorre a data de primeiro de maio.
    Fotos: Cavalarianos participantes da trilha

EM DESTAQUE

Hotel Raios De Sol Missioneiro São Pedro do Butiá RS

Clube Gaúcho CG

Famoso clube de Santo Ângelo onde ocorrem diversos tipos de eventos. 

Saiba mais

Mato Queimado

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...