Notícias

07/06/2019 08:37


Otávio Reichert - INTEGRANDO 7/06/2019

     São João: Já comeu pinhão e tomou quentão neste ano, caro leitor? Quem viveu a infância rodeando Bombril aceso soltando fagulhas, há de sentir saudade. Relembro, dos varais poéticos, bela estrofe no Arraial de Maceió, do nordestino Pinto do Monteiro...
   Essa palavra, saudade, conheço desde criança.
   Saudade de amor ausente não é saudade, é lembrança.
   Saudade só é saudade quando morre a esperança.
Só alegrias! Eis uma frase que criei recentemente. E para mantê-la, segue letra que pode, facilmente, ser musicada. Por Otavio Reichert...

PALMAS PRA MIM
É pequena minha cidade, fui eleito vereador.
Era chamado “doutor”, mesmo quase analfabeto.
Fiz um discurso sem fim apesar do pouco assunto.
Depois todo mundo junto bateram PALMAS PRA MIM!
Quando chefe executivo minha equipe era bem boa.
Eu ficava rindo à toa, assinando os documentos.
Resumindo, era assim: trabalhavam os operários;
eu com prêmios e honorários e ainda PALMAS PRA MIM!

Bateram palmas...
Bateram palmas pra mim!
Mas sigo me perguntando
se você está gostando
se o show foi bom ou ruim.


No time de futebol me escalei de titular,
e se ouvia comentar: “Só um deles não é bom!”
Na final este chinfrim fez um gol com a canela,
o locutor abriu a goela: É gol! PALMAS PRA MIM
Hoje me tornei cantor, por vezes desafinado.
Já tenho disco gravado neste tranco missioneiro.
É fraco meu boletim, mas canto com alegria
e até quem não aprecia já bate PALMAS PRA MIM!

    UBER: A criatividade de malfeitores vai longe, a citar o golpe aos Uber, envolvendo pessoas inocentes. Os malandros vão até um estabelecimento, dão um “tempinho” para então solicitar a outro cliente que ligue para um uber alegando estarem sem crédito, sem internet ou celular descarregado. Encontrando alguém de bom coração, este chama um motorista pelo Aplicativo do Celular. Assim que saem do local anunciam o assalto, levando tudo do motorista. E quem é a primeira pessoa a ser indiciada no Boletim de Ocorrência (BO), e irá responder ao assalto ou roubo?
     Você mesmo, ou seja, quem chamou o motorista. Bondade tem limites... Fica o alerta também aos donos de estabelecimentos.

     Humor: Um caipira maneta vagava triste na festa de São João, enquanto outro demonstrava grande alegria, mesmo lhe faltando as duas mãos. Foi até ele, questionando o porquê de tanta felicidade...
  - Que alegria, que nada! O suor me deu coceira no “fiofó” e não tenho como coçar...

Site: Otávio Reichert 
FaceOtavio Geraldo Reichert   
Currículo e Imagens do Colunista
Fone wats: (55) 99118-2080  otavioreichert@gmail.com

EM DESTAQUE

Tenda da Terra

Artesanato Indígena, Artigos Gaúchos, Quadors, Esculturas, Pintura em Tela, Camisetas, livros, Porcelanas, Cestarias e Lembranças da região.

Saiba mais

Sindilojas

Pousada das Missões

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...