Notícias

16/05/2018 11:05


A Cruz Missioneira tem Origem em 3 Cruzes

Cruz de Caravaca, Cruz Patriarcal e Cruz de Lourena, a história destas três cruzes se cruza e se fundem carregadas de simbologia que se fundem na Cruz Missioneira.
Cruz Patriarcal: Também conhecida como Cruz de Lorena e Cruz de Caravaca possui um "braço" menor que representa a inscrição colocada pelos romanos na cruz de Jesus. (Foto 1 INRI que em Latim quer dizer Jesus Nazareno Rei dos Judeus) Foi muito utilizada por bispos e príncipes da igreja cristã antiga e por jesuítas nas missões no sul do Brasil. Muitos quando desenhavam a Cruz ou crucifixo colocavam um pequeno traço em cima simbolizando a placa que os romanos colocaram quando crucificaram Jesus Cristo.
Esta cruz ou este desenho foi tomando forma e para alguns se tornou símbolo de uma região na Espanha, conhecida por Caravaca de La Cruz, onde a Cruz de Caravaca teve uma aparição milagrosa. no século XIV(14) onde também tem a origem de grande parte dos Padres Jesuítas da Companhia de Jesus e que em missão evangelizadora vieram para o sul da América do Sul. 
A Cruz de Caravaca original, na Espanha, diz-se possuir um pedaço da cruz onde foi crucificado Jesus Cristo. 
Também chamada de Cruz de Lorena, é um crucifixo com duas barras horizontais, sendo a do topo menor do que a debaixo, acompanhada pela figura de dois anjos, um de cada lado. 
A Cruz de Caravaca é um símbolo religioso e místico (não só o Catolicismo), representa “Poder e Proteção Divina”.
Os Jesuítas a usavam como símbolo, carinho e estimulo e ficou conhecida por “Cruz Missioneira” era usada pelos índios na Região das Missões como símbolo do bem contra o mal. Os dois braços simbolizam a fé redobrada, foco, abnegação. A cruz é considerada como um amuleto, uma proteção espiritual contra todos os males. 
                    Há história mis divulgada, uma lenda na Espanha que envolve a origem da Cruz de Caravaca. Segundo a mitologia, no século XIII, um Rei Mouro quando ocupou a Espanha manteve em cativeiro padres. Para conhecer melhor e por distração, brincadeira ou constrangimento obrigou um sacerdote prisioneiro a celebrar uma missa. O vigário, no momento de celebração, parou com os ritos sacros e disse que não conseguia falar,  rezar ou responder as inquietações do rei, explicou que não poderia prosseguir porque lhe faltava à Santa Cruz. O Imperador esbravejou e o sacerdote se ajoelhou quieto enquanto os guardas e convidados o ofendiam.
Neste momento, o teto se abre em luz e dois anjos desceram do céu trazendo a Cruz de Quatro Braços, ou Cruz Patriarcal. Diante deste milagre, o rei converteu-se ao cristianismo.
Caravaca de La Cruz é uma das cidades mais antigas da Espanha, e para alguns ocultistas era o antigo reduto da Ordem dos Templários. De acordo com os historiadores, o Castelo Caravaca hoje Santuário, era uma fortaleza militar montada para expulsar os mouros e restabelecer o cristianismo na Espanha. Por isto também o reflexo desta educação com uma maior ênfase na disciplina e estrutura militar da população, assim a cruz pegou cada vez mais significado como símbolo de hierarquia, religiosidade, disciplina e vocação nos jesuítas na Companhia de Jesus.
No México, a Cruz de Caravaca é um amuleto religioso muito popular. Diz-se que a cópia da Cruz de Caravaca,  foi a primeira cruz a chegar ao México e nesta nação, acredita-se que a Cruz de Caravaca possui o poder de conceder desejos.
A Cruz Missioneira é também um Marco da Região das Missões no Noroeste do Rio Grande do Sul símbolo cultuado e ostentado com orgulho, é um legado deixado pelos jesuítas na primeira tentativa de evangelização junto ao povo Guarani que abitava o pampa gaúcho. Os Missionários Jesuítas forma os primeiros europeus que chegaram a essas terras fundando a comunidade no Passo do Padre em São Nicolau, RS, modelo de civilização para evangelizar em 1622, por este motivo o valor da Cruz Missioneira nesta região marco de onde nasce o Rio Grande. Também representa um povo, por sua origem e costumes parecidos uma nação com quatro bandeiras Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai, por onde trabalhou a Companhia de Jesus, os Missioneiros Jesuítas.
Em mapa encontrado recentemente no Arquivo Geral do Vaticano, datado de 1691, e que contém a disposição e distância dos Povos Missioneiros, consta em cima de cada Redução, uma Cruz Missioneira, o que reafirma cada vez mais como o símbolo máximo dos 30 povos. 
Castillo Santuario de la Vera Cruz de Caravaca de la Cruz
Fonte Dicionário de Símbolos 
Site: Origem da Cruz Missioneira. 
Imagens da Cruz de Caravaca;

Site: Pedra Itacuru, Pedra Cupim ou Pedra Missioneira
Site: Itacuruacir nos aproxima de Tupã ao ser perdida.
Site: # Chimarrão uma das soluções para o mundo!
Site: # Primeiro mate é do dono, por quê? 
Site: # Mistério do Chimarrão.
Site: Inácio de Loyola - Primeiro Jesuíta
Site: Reduções Jesuítitas – RESUMO - 1º E 2º Período
Site: Morte dos Caciques Sepé Tiaraju, Nicolau Ñanguirú e 1511 indios
Gravataí a mais longínqua Redução; 

Site: Lenda Da Erva Mate Versão Indígena

EM DESTAQUE

Mato Queimado

Restaurante e Lancheria A Cidade dos Anjos

Rua Marques do Herval, 1192 - Centro.  Telefone: (55) 3313-1388 Telefone2: (55) 99706-2788

Saiba mais

Restaurante Quick

Restaurante mais tradicional de Santo Ângelo com 28 anos de atuação.

Saiba mais

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...