VIDEOS

Carijada, método tradicional de fazer Erva Mate persiste na Missões.

Nossa cultura, nossos costumes são o fruto de uma mistura de origens a adaptações que impressiona aos mais renomados historiadores, protege-las e orientar que as novas gerações venham a conhecer e compartilhar este conhecimento é mais do que louvável aos professores é o verdadeiro espirito do gaúcho, do chimarrão que nos leva a interatividade e ao encontro com “nós mesmos e nossos ancestrais” como diria Jayme Caetano Braun.
O Instituto Farroupilha SA desenvolveu e aplicou uma atividade didática que mobilizou não só os alunos e suas famílias, mas também outros órgãos de ensino, representantes de instituições e empresários da Região das Missões.  
A idealizadora da atividade foi à professora Bedati Finokiet do UFFS Cerro Largo que de pronto foi abraçado pelo Instituto Farroupilha Campus de Santo Ângelo sobre a coordenação e desenvolvimentos  e aplicação dos professores Maria Aparecida Lucca, Ivan Preuss, Valdair Jacques, Amarílio Mello, Luis Loose e toda a comunidade do IFSA que de uma maneira direta ou indireta souberam aproveitar e auxiliar esse evento que  na quarta edição (4ª) torna-se muito popular nas atividades de toda a região missioneira. Além da participação do Cacique Anildo Ama Selyna e membros da Aldeia Guarani Tekoá Piãú.
Todos os cursos das mais diversas ares participaram e oque era para ser uma aula, instrução efetuada em campo, tornou-se um evento, um exemplo socioeducativo admirável. A seguir imagens da 4ª Carrijado no Instituto Farroupilha SA
Vídeo: Carijada, método tradicional de fazer Erva Mate persiste na Missões. 
Imagens 4 Carijada no Instituto Farroupilha, Campus SA. 
Notícia: Carijada no Instituto Farroupilha, Campus SA, Região Missões. 

10 Mandamentos do Chimarrão
Chimarrão uma das soluções para o mundo! 
Lenda Da Erva Mate Versão Indígena
Mistério do Chimarrão.

Carijo ou Carijada é o nome que se da ao modo tradicional da produção de erva mate.  Muitas famílias principalmente de origem Guarani na região das Missões  ainda hoje usam este método para trabalhar a erva mate.
Os imigrantes da região apreenderam muito bem o ritual do chimarrão com os indígenas, os primeiros a utilizar a erva mate. A erva produzida nos carijos garantem os agricultores, mantém o mesmo sabor por até um ano, se bem conservada.
Nas Missões,  início do inverno, se reúnem, cortam os ervais nativos e começam a produção. Essa tradição perdura por século. A preferência é pela planta que nasce no meio do mato, por deixar a erva mais suave.
Carijo de erva mate crioula 
Se da uma chamuscada na labaredas do gogo nos galhos e depois se separa os galhos pequenos, desfolhando os grande ramos. A primeira etapa é montar uma espécie de grade, com cerca de um metro de altura onde a erva mate é disposta com a folha para cima, amarrada em pequenos ramos. Logo após, o fogo é feito todo ao redor dessa estrutura: esse é o chamado carijo. Essa etapa é muito importante, pois já se define o sabor da erva: se a lenha estiver verde ou molhada, pode ficar cheiro e gosto de fumaça no produto final. Esse processo pode durar até 2 dias. O pessoal passa noites em claro cuidando do fogo, quando começa a secar a erva pode facilmente pegar fogo.
As famílias se reúnem ao redor do fogo e passam horas agradáveis. Sai até um jogo de cartas e, claro, um churrasco, um carreteiro... 
Na verdade, o carijo era antigamente um rancho coberto de macega, tendo os dois lados abertos e no seu interior é que se montava a grade para sapecar a erva. A erva secada por esse processo leva o nome de Erva Carijada. A secagem desta forma a expõe à fumaça e lhe confere um cheiro e gosto característicos.
Logo após a secagem, as famílias também fazem o outro processo que é o soque da erva. Em pilão, com duas pessoas no trabalho, hoje é usado o batedor de feijão ligado ao trator para a primeira moída na erva.  Em seguida o produto é cancheado, também de forma artesanal, num chancheador ou sóque, tocado à roda d’água .
Segundo os produtores, o trabalho mais difícil é ficar ao redor do fogo, pois a fumaça forte causa irritação nos olhos e na pele, ao mesmo tempo tem de ser ter muita atenção para não queimar a erva e tudo virar fogueira.
“Não dá lucro, nem se pensa nisto”, diz Cacique Anildo Ama Selyna, “a gente não faz pra vender, mas a gente pensa ainda nos costumes . Uma erva crioula, sem aditivos e açúcar e com sabor único.”  
Segundo a professora Maria Aparecida Lucca, do Instituto Farroupilha, Campus Santo Ângelo,  os "barbaquás de carijos" eram muitos comuns e produziam grande quantidade de erva mate. O produto beneficiado abastecia o mercado regional e até outros Estados, sendo uma atividade comum até poucos anos atrás. Hoje é importante como matéria didática para os alunos pois envolve inúmeros ângulos de aprendizado, além de ser uma atividade de campo i o Instututo ter uma ótima area com arvores de erva mate e o curso de tecnico em agronomia que dá o suporte para a Carijada. 
Vídeo: Jayme Caetano Braum e Cenair Maicá - Bochincho
Vídeo: Sangue Farrapo - Jayme Caetano Braun
Vídeo: Amargo de Jayme Caetano Braun
Vídeo: 7 de Setembro por Jayme Caetano Braun
Vídeo: Monumento Jayme Caetano Braun
Vídeo: Payada de Jayme Caetano Braun
Vídeo: Payada de Páscoa Jayme Caetano Braun
Vídeo: Quatro Missioneiros
Vídeo: Cenair Maicá O Cantor das Águas por Jayme Caetano Braun; 

Outros videos

Roubei Um Beijo da Moça

Roubei Um Beijo da Moça

     Roubei um beijo da moça,  Ninguém viu.  Roubei um beijo da moça,  Nem ela sentiu.        Sou um gaúcho atrevido,  Ja sei namorar,  Roubei um beijo da moça,  Quem foi que me viu roubar?       Roubei um beijo ...

Ver detalhes »

Bombas de Ouro e Prata Ferretti no Rio Ijuí

Bombas de Ouro e Prata Ferretti no Rio Ijuí

Site: Ferretti Fábrica de Bombas em Prata e Ouro;  Notícia: Ferretti Valor e Acompanhamento a Tradição do Chimarrão;  Vídeo: Bombas de Ouro e Prata Ferretti  Vídeo:Bombas de Ouro e Prata Ferretti no Rio Ijuí Imagens ...

Ver detalhes »

Preparo Festival Cordeiro Missioneiro Bossor...

Preparo Festival Cordeiro Missioneiro Bossor...

Confraria do Icamaquã com o apoio do Rotary de São Miguel das Missões estão organizando para o dia 12 de outubro o almoço referente ao 1º Festival do Cordeiro em Bossoroca. A Confraria do Icamaquã, de Bossoroca, criada e...

Ver detalhes »