Notícias

20/04/2022 08:27


Aprovado projeto Pro-Missões

Veja o video da Sessão Aqui
O Pró-Missões irá fomentar diversas iniciativas. Após a aprovação na Assembleia será encaminhado ao Executivo. Como não há dotação orçamentária específica ainda definida, será necessária nova ação política para garantir a publicação do Decreto Estadual por parte do governador com as devidas garantias de recursos via isenção de ICMS.
“Justificativa
Como todos sabemos, a região missioneira é uma das mais ricas em história e cultura, vez que o nascedouro do nosso próprio estado deu-se por aquela região. É lá também que está localizado o principal patrimônio histórico da humanidade existente em solo gaúcho (e assim reconhecido pela UNESCO): as Ruínas de São Miguel Arcanjo.”
Vejam o que diz o Projeto quanto a seu objetivo e possíveis ações:
Art. 1o. Fica instituído, no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul, o Programa Estadual de Apoio e Fomento às Atividades de Valorização e Resgate Histórico das Missões Jesuíticas Guarani – PRÓ- MISSÕES, com a finalidade de promover a aplicação de recursos financeiros, decorrentes de incentivos fiscais a contribuintes, em projetos culturais, arqueológicos, de desenvolvimento do turismo, restauração e aquisição de patrimônio histórico, bibliográficos e restauração e ampliação de museus relativos ao tema Missões Jesuíticas Guarani no território do Rio Grande do Sul, na forma estabelecida por esta Lei.
Parágrafo Único. A aplicação dos recursos financeiros do Programa de que trata esta Lei observará as seguintes diretrizes: 

I – atender aos projetos relacionados para com as atividades de valorização e resgate histórico das Missões Jesuíticas Guarani no território do Estado do Rio Grande do Sul; 
II – atender os projetos que visem o aumento do interesse turístico vinculado ao tema Missões Jesuíticas Guarani; 
III – estimular as novas iniciativas que promovam o desenvolvimento da temática missioneira; 
IV – promover e facilitar o acesso aos temas missioneiros pelos diversos segmentos da sociedade rio-grandense. 
Art. 4o. Serão apreciados, com fundamento nesta Lei, os projetos relacionados com a temática das Missões Jesuíticas Guarani nas áreas culturais de: 
I – artes cênicas:
a) dança;
b) teatro;
c) outras manifestações congêneres;
II - música; 
III - artesanato;
IV - registro fonográfico; 
V - literatura, incluindo as iniciativas relativas a impressão de livros, revistas, obras informativas, obras de referência e correlatas; 
VI - audiovisual, inclusive:
a) produção de cinema;
b) produção de vídeo;
c) novas mídias; 
d) eventos de exibição;
VII - artes visuais:
a) artes plásticas;
b) “design” artístico;
c) fotografia; 
d) artes gráficas;
e) outras;
VIII - pesquisa e documentação relativa a patrimônio cultural imaterial;
IX - projeto e execução para preservação e restauração de bens móveis e imóveis integrantes do patrimônio cultural protegido na forma da lei;
X - construção, restauro, preservação, conservação e reforma de sítios arqueológicos, centros culturais, bibliotecas, museus, arquivos, e outros espaços culturais de interesse público referente ao tema missioneiro, nos limites do art. 6o desta Lei; 
XI - aquisição de acervo;
XII – aquisição de bens históricos tombados;
XIII – apoio aos centros de documentação e pesquisa dos temas missioneiros;
XIV – ações de apoio e incentivo ao turismo relacionado ao tema missioneiro;
XV – criação de parques temáticos relacionados ao tema missioneiro.

EM DESTAQUE

Erva Mate Verde Real

Empresa familiar, com seu fundador Delfino Shultz, iniciou no ramo de erva mate no ano de 1989

Saiba mais

Vinagre de Mel

Produzido através da fermentação do pólen apícola, água e mel.

Saiba mais

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...