Notícias

09/12/2019 13:59


Guaranis protagonizam sua história no Espetáculo Angelus

Um fato inédito marcará o Natal Cidade dos Anjos deste ano: jovens dançarinos da aldeia Guarani Tekoá Yakã Ju contracenarão junto com atores santo-angelenses e acadêmicos do Curso de Dança-Licenciatura da Universidade Federal de Santa Maria para recontar a história de seus antepassados da Redução de Santo Ângelo Custódio. Trata-se do Espetáculo Ângelus que será apresentado nos próximos dias 14 (20h30) e 15 (21h30) de dezembro na programação do Natal Cidade dos Anjos. Esta obra, que resgatou a simbologia dos anjos que passou a caracterizar a cultura natalina de Santo Ângelo, foi criada e dirigida por Odailso Berté em 2006 para a comemoração dos 300 Anos de Santo Ângelo, com o objetivo de recontar a história da sétima cidade missioneira através de um diálogo entre a dança, o teatro, a planta e os remanescentes da antiga redução e a atual Catedral, localizados no Centro Histórico.

Através do Projeto de Extensão Tekoá Arte e Vida, e de um convênio celebrado entre a UFSM e a Administração Municipal de Santo Ângelo, que se estenderá até 2020, oficinas de dança estão sendo realizadas na aldeia Tekoá Yakã Ju para compor o elenco do espetáculo Ângelus. Segundo o coordenador do projeto, Odailso Berté, professor doutor da UFSM, “nosso objetivo não é mais falar ‘sobre’ os Guarani, mas fazer arte ‘com’ eles, estabelecendo diálogos e um novo encontro de culturas onde é possível trocar experiências, aprender, criar e dançar juntos”.

 Entre os focos deste trabalho artístico e sociocultural de extensão da UFSM, está a construção de espaços para a autonomia e do protagonismo histórico-social dos sujeitos. “A participação dos Guarani em uma obra cênica sobre seus antepassados é um fato inédito que tem possibilitado a eles questionar algumas das narrativas que nós brancos criamos sobre o seu povo, protagonizando sua própria história”, comenta Berté.

A identidade visual do espetáculo Ângelus foi inspirada na pintura “Fundação de Santo Ângelo Custódio”, pertencente ao acervo da Prefeitura de Santo Ângelo, criada pelo artista Tadeu Martins que gentilmente cedeu o uso da imagem para a composição do cartaz e anúncios do espetáculo. 

Além dos Guarani, o trabalho artístico também se estende ao grupo de atores santo-angelenses da Cia. Actuare. Junto destes, 14 bailarinos, acadêmicos de Dança da UFSM, interpretarão as coreografias do espetáculo Ângelus, dirigidas pelos professores Berté, Mônica Borba e Crystian Castro da UFSM. Este projeto é realizado pela UFSM/FATEC, Administração Municipal de Santo Ângelo, Pró-Reitoria de Extensão, Centro de Educação Física e Curso de Dança-Licenciatura da UFSM, com apoio da Paróquia Anjo da Guarda.

 

EM DESTAQUE

Churrascaria do Chico

Fazendo vontades com sabor, qualidade e economia.

Saiba mais

Sindilojas

Roteiro por Mato Queimado

Diálogo, educação e segurança,  motivos para entrar, conhecer, passear e fotografar, essa comunidade é uma verdadeira família.

Saiba mais

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...