Notícias

16/11/2018 10:00


Valores por João Antunes

Neste mundo contemporâneo, frenético, as pessoas cada vez mais estão vivendo numa espécie de polvorosa, com pouca interação de um para com o outro, pois apenas se cruzam, mas não se encontram. A unidade familiar, a honestidade, a justiça, a verdade, o amor, a vida, o respeito, a ética, o bom sendo, os bons costumes, a fraternidade, são requisitos vitais para a manutenção da ordem definida pela moral para uma vida regrada para que não haja a quebra dos princípios e a perda dos valores humanos.
É vital que seja filtrado o que é bom e correto para crescimento da pessoa. Atualmente as ameaças vêm como saraivadas de tiros no escuro através de cenas de crimes, violências de toda a ordem, imoralidades, a figura da mulher que em muitos casos virou objeto, relacionamentos torpes, maus exemplos, drogas lícitas e ilícitas, péssimos filmes, péssimos seriados e péssimas novelas, certas manipulações impingidas da mídia e ainda o consumismo desenfreado valorizando muito mais o ter que é motivado por certos bombardeios da publicidade essa que é voltada à selvageria capitalista criando uma sociedade de ideais materialistas que afeta a essência do ser, a roubalheira nos incontáveis escândalos hoje tão presentes no meio político e pessoas ligadas ao meio político, o individualismo, a vantagem pessoal na chamada "Lei de Gerson", formam o que pode ser chamado de crise de valores. Então é preciso pensar e repensar o momento atual. 
Está correto ter posses materiais, ser profissional de destaque, ter anseios por riqueza, ter status, poder, até mesmo ambição, nada disto é errado, porém o erro existe quando a pessoa, nestas buscas, despreza as outras pessoas, quando vai na contramão dos bons princípios, quando deixa a mentira prevalecer à verdade, quando legaliza o ilegal e na febre do ter se vende às coisas não dando o lugar merecido à ética, honra, caráter, moralidade e honestidade.
Não é da minha índole "puxar brasa para o meu assado", mas preciso me reportar à figura humana do meu saudoso pai Inácio Nascimento Antunes que me foi uma espécie de modelo e referência sobre a postura correta de um cidadão. Ele aprendeu a ler e a escrever em casa quando criança, portanto tinha pouco estudo, mas herdou dos ancestrais um cabedal de conhecimento sobre aquilo que costumeiramente eu chamo de "leitura do mundo", mantinha uma moral rígida, sempre assumiu todos os contratos firmados e dizia: se tu fez compromisso, vai e acerta! Ele soube aglutinar, na sua vivência neste orbe terráqueo, as virtudes pétreas dentro do seu eu num completo e harmonioso equilíbrio. Ele era um homem da roça, que também entendia da construção civil, marcenaria, serviço no campo e na tosquia de lãs ovinas onde, todos os anos, de outubro a janeiro ele partia sempre nas "comparsas de esquilas" para tosar ovinos e angariar mais uns pilas para o bolso afim de ajudar minha mãe na economia familiar, pois era o casal, eu e mais dois irmãos meus (hoje todos já falecidos). Ele era tão honesto e cumpridor do trato que uma vez, lembro-me muito bem, num acerto ele ficou devendo algo hoje em torno de R$ 5,00 (cinco reais) e por não ter o troco no momento então no dia seguinte ele fez 16 km a pé entre ida e volta para levar o troco à pessoa para quem ele ficou devendo. E até o seu falecimento em 2004, aos 69 anos, ele nunca ficou devendo nenhum centavo a quem quer que seja e sempre manteve uma postura correta na sua condição de homem simples e interiorano.
A inversão de valores está impregnada na sociedade. A filosofia do oportunismo. O jeitinho brasileiro está virando folclore e, por conseguinte, cultura nacional. Há perda da fé e da espiritualidade. Aceita-se, muitas vezes, o errado como certo. Estão indo água abaixo os valores morais, culturais e cívicos. Perda da identidade cultural. Muitos estão indiferentes à dor do próximo, os assassinatos, à roubalheira escancarada, à miséria e às injustiças. 
A escola é nosso segundo alicerce onde assentam-se bons pilares. Ela tem um papel preponderante, pois os professores, verdadeiros baluartes pouco reconhecidos financeiramente e pela grandiosa missão no afã são verdadeiros apóstolos no apostolado diário. Os professores são jóias, riquezas da sociedade e não somente emissores de conhecimento, mas só a tarefa da escola para moldar o cidadão ainda é muito pouco. Urge que a família não vire as costas aos professores e à escola, que a família assuma a responsabilidade e seja exemplo na educação dos filhos principalmente sobre os valores internos do ser humano. Além disto, é preciso cultivar a cativar o amor, a ética, a honra, o caráter, a honestidade, a moralidade e a fraternidade. Estimular a pureza e o lado humano que reside na pessoa. Não esquecer a solidariedade. Ter regras e preceitos claros. Na verdade a gente nasce reto, mas, às vezes, a sociedade nos entorta. E uma sociedade só vai pra frente no caminho do bem se os seres humanos não forem fragmentados e tiverem, bem claro, o seu centro de referências. Eu acredito piamente que o melhor remédio para nortear e curar a sociedade que precisa ser mais justa, mais feliz, mais fraterna e ter um bom entendimento entre as famílias, para as crianças ser bem acolhidas, para se ter leis mais justas, para a diminuição da violência, entendimento pelo bom senso, deve vir pela busca de novas estratégias através da mudança do comportamento, boas atitudes e bons exemplos com a consciência viva de que os verdadeiros valores estão dentro de nós e cabe a nós cultivá-los! 
Site: Escritor João Antunes é poeta e compositor, de Bossoroca. 
Fotos da Cruz e do Obelisco erguidos no local da Batalha de Caiboaté em São Gabriel, onde todos os anos, em fevereiro, povos de diversas tribos Guarani se reúnem para homenagear seus antepassados.
Site: Oratório dos Guerreiros Missioneiros 
Vídeo: Batalha de 7 e 10 de Fev Morte de Sepé 

Site: Inácio de Loyola - Primeiro Jesuíta
Site: Origem da Cruz Missioneira
Site: Reduções Jesuítitas – RESUMO - 1º E 2º Período
Site: Morte dos Caciques Sepé Tiaraju, Nicolau Ñanguirú e 1511 indios
Site: Gravataí a mais longínqua Redução; 

Site: Pedra Itacuru, Pedra Cupim ou Pedra Missioneira
Portal: Escritor João Antunes
 poeta, historiador e compositor 
Facebook = João Carlos Oliveira Antunes
Bossoroca (55) 9999-42970 joaoantunes10@terra.com.br 

EM DESTAQUE

Hotel Raios De Sol Missioneiro São Pedro do Butiá RS

Clube Gaúcho CG

Famoso clube de Santo Ângelo onde ocorrem diversos tipos de eventos. 

Saiba mais

Mato Queimado

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...