Notícias

24/03/2017 09:42


O Que Fazer Quando a Gente se Forma

          Estamos vivendo num mundo globalizado, frenético, de grandes competições e portas estreitas, onde o mercado de trabalho está cada vez mais exigente e quer pessoas com liderança visionária, que sejam capazes de fazer a diferença, que sejam criativas, que aprendam a aprender, que sejam inovadoras, que saibam gerenciar pessoas, que entendam de planejamento estratégico, que tomem iniciativas, que tenham disciplina e persistência, que estejam informadas, que saibam administrar mudanças, que saibam ouvir, que tenham conhecimento, habilidade e atitude, que saibam o que fazer, como fazer e que queiram fazer!
          Este texto é parte do meu discurso feito no dia 21 de dezembro de 2007, quando me formei em administração pelo IESA, de Santo Ângelo, quando tive, dentre outras conquistas, a honra de não ter faltado nenhum dia nos meus quatro anos de aulas.
Nós somos artífices, agentes, da nossa própria felicidade e assim precisamos saber claramente o que queremos para nós mesmos e nos decidirmos a conquistar, mas nunca esquecer que  o canudo é apenas  o marco da primeira vitória e do primeiro desafio, pois a vida é cheia de desafios.
Nossos ideais precisam ser elevados, devemos viver o presente, saber pensar, ser pró-ativos e conservar o estigma de um líder autêntico.
          Poderão aparecer pedras em nossa caminhada, então não esqueçamos deste pensamento sobre a Pedra, que vale a pena ser lembrado e que descreve: “ O distraído nela tropeçou, /  O bruto a usou como projétil,  / O empreendedor usando-a construiu... / O camponês, cansado da lida, dela fez assento, / Para meninos, foi brinquedo... / Drummond a profetizou, / Já David matou Golias... / E Michelangelo extraiu-lhe a mais bela escultura... / Em todos estes casos, a diferença não esteve na pedra, mas no homem! / Não existe pedra no seu caminho que você não possa aproveitá-la para seu próprio conhecimento e seu próprio crescimento”.
          E o que é felicidade? Felicidade, como disse Érico Veríssimo, é a certeza de que nossa vida não está se passando inutilmente!
          A formatura é apenas um ciclo de estudos que se completa. Quem vai selecionar é o mercado. E a diferença será o nível de competência de cada um. Então a gente deve equilibrar os valores pessoais com os valores da organização. Ajudar para que as organizações digam claramente o que esperam das pessoas e as pessoas, por sua vez, digam claramente o que esperam da organização. Devemos cultivar nossas virtudes pétreas (nossos valores internos) e ajudar para que sejam produzidos alimentos cada vez mais puros e mais saudáveis e relacionamentos cada vez mais puros e mais saudáveis.
Nós não devemos esquecer as nossas raízes, a nossa gente e a nossa terra: Por isso, lembremos daquele pensamento importantíssimo de Abrahm Lincoln, ex-presidente dos Estados Unidos, que revela: “Gosto de ver um homem orgulhar-se do lugar onde vive. Gosto de ver um homem viver de modo que seu lugar se orgulhe dele”.
          Outrossim, disse  Walt Disney: você pode criar, conceber e construir o mais belo lugar do mundo, mas é o ser humano que permitirá que o sonho se torne realidade!
Compete então a cada um fazer bom uso do aprendizado, descobrir novos horizontes, subir degraus e conquistar passo a passo aquilo que traz felicidade. As portas se abrem mais facilmente àqueles que sabem o que querem e se decidem às conquistas! 
           Quem se forma deve encarar os desafios da profissão e da vida, pensar, repensar, propor, fazer, errar, aprender, quebrar paradigmas, acertar e seguir em frente mantendo firme seus bons propósitos e seus valores internos.
           “Os únicos limites do homem são: o tamanho de suas ideias e o grau da sua dedicação”.
          É preciso muita dedicação, vontade e atitude e que cada um pelo esforço merecido de encontre a sua estrela e nela esteja escrito: sucesso!  
          Só não podemos perder a noção exata do valor da ética, da justiça, do bom senso, da transparência e da solidariedade humana tão escassos hoje em dia. 
Site: Escritor João Antunes é poeta e compositor, de Bossoroca. 
João Antunes (55) 9999-42970 joaoantunes@barracamissoes.com.br 

EM DESTAQUE

Churrascaria do Chico

Fazendo vontades com sabor, qualidade e economia.

Saiba mais

Roteiro por São Miguel das Missões

É cercado de lendas e costumes, símbolo da Nascente do Riogrande, Patrimônio da Humanidade.

Saiba mais

Fazenda do Presente

Balneário, Turismo Rural, Camping, Lazer e Recreação

Saiba mais

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...