Notícias

20/08/2019 08:52


Direito e Psicologia da URI são coorganizadores e apresentam pesquisas em evento Latino-americano

    Um grupo de 30 universitários do Programa de Pós-Graduação em Direito – Mestrado e Doutorado, graduação em Direito e Psicologia da URI Santo Ângelo, bem como professores participaram, de 14 a 18 de agosto, do VI Congresso Latino-americano de Gênero e Religião, na Faculdades EST de São Leopoldo. O evento contou com a participação de representantes de 30 países da América Latina, América Central e do Norte, África, Europa e Ásia.
   Todos/as estudantes apresentaram trabalhos a partir de suas pesquisas realizadas na URI, envolvendo os eixos temáticos abaixo:
    Vulnerabilidade: é um conceito utilizado em diversas áreas do conhecimento para discutir questões complexas como a manutenção e o aprofundamento da situação de pobreza e desigualdade, bem como para questionar padrões de relacionamento e auto identidade que têm um potencial de questionamento, subversão e transformação das estruturas. O VI Congresso aprofundou a discussão sobre esse tema como elemento denunciador de realidades de opressão e dominação e como elemento potencializador de processos de libertação.
   Resistência: é um elemento fundamental para fazer frente aos processos de retrocesso e aprofundamento de práticas e sistemas violentos. A produção do conhecimento no âmbito feminista e de gênero, muitas vezes, ainda se dá como forma de resistência aos saberes hegemônicos. Uma resistência que também é feita da alegria do encontro e da partilha, da rebeldia e da imaginação que cria possibilidades onde não há. Nisso há implicações teóricas e metodológicas que foram exploradas no VI Congresso.
    Justiça: é o horizonte utópico que orienta a produção do conhecimento e a atuação política. Reflete os projetos de sociedade expressos, por exemplo, na ideia bíblica de “shalom” e “novos céus e nova terra”, no conceito indígena de “bem viver” (sumak kawsay) ou na noção africana do ubuntu. Particularmente, interessou discutir no Congresso a perspectiva da “justiça de gênero” como conceito e como política que visa a superação de todas as formas de desigualdade, violência e opressão e aponta para esperança que embala a construção de uma outra realidade a partir da imaginação criativa. (https://programadegeneroereligiao.wordpress.com/congresso-2019/):
   Além da apresentação de trabalhos, estudantes e professores da URI apresentaram a peça teatral “Retratos de Frida Kahlo: resistência e ousadia”, esquete e debate sobre identidades das mulheres e resistência.
   Destaca-se, ainda, que a Faculdades EST e o Programa de Pós-Graduação stricto sensu – Mestrado e Doutorado em Direito da URI possuem convênio firmado, e este evento contou com a participação da professora doutora Rosângela Angelin como organizadora, assim como o PPGD teve participação na organização de três Grupos de Trabalho.

EM DESTAQUE

Hotel Raios De Sol Missioneiro São Pedro do Butiá RS

Associação dos Municípios das Missões AMM

Têm em comum a história e a disposição de luta pelo crescimento econômico e social da Região Missões.

Saiba mais

Mato Queimado

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...