Notícias

27/11/2019 09:41


FASA valoriza debate sobre Direitos Humanos com Espaço Frida Kahlo

Recém inaugurado, laboratório  irá conectar ações e incentivar estudos e pesquisa

A Faculdade Santo Ângelo (FASA) inaugurou, no dia 20, o Espaço Frida Kahlo - Laboratório de Direitos Humanos e Diversidade. O objetivo é ampliar o debate sobre temas que já fazem parte de diversas ações na instituição, como questão de gênero, o combate a preconceitos, a democratização e acesso a direitos básicos e fundamentais, dentre os quais a educação e a informação. 

O ambiente  é aberto a toda a comunidade acadêmica, para diversos tipos de atividades, de forma autogestionada, podendo integrar ações já existentes como o Intervalo Colaborativo e os programas de Formação Docente. Doutora em Diversidade Cultural e Inclusão Social, a professora do curso de Pedagogia Roberta Herter da Silva ministrou uma oficina durante a inauguração e ressalta a importância de espaços como esse em instituições de ensino superior.

“Formar cidadãos críticos e emancipados no ensino superior nesse tempo histórico em que as contradições acirram-se e trazem à nossa percepção fortes tensões e incertezas é um enorme desafio. Espaços como o Frida Kahlo são espaços qualificados que visam a formação de sujeitos capazes de constituírem a narrativa da própria vida, do tempo e do espaço em que vivem, por meio do diálogo, do exercício da democracia, sendo vivenciadas experiências coletivas de autonomia e emancipação. A construção de espaço para livre manifestação do pensamento e formação de ideias coletivas em prol da luta pelos Direitos Humanos e pela diversidade na FASA contribui, consequentemente, para a construção da cidadania e de um mundo melhor”, analisa Roberta. 

A acadêmica de Agronomia Amanda Dara Perin também aprova e é entusiasta do Espaço Frida Kahlo. Para ela, o cenário atual demanda ações como essa. “O espaço se torna essencial no período em que vivemos, principalmente para nós mulheres, do meio acadêmico das agrárias que é predominantemente masculino. Debater sobre Direitos Humanos e deveres do Estado, tendo como exemplo Frida, nos mostra que até hoje sofremos com a fragilidade desses direitos”, comenta a estudante que deseja colaborar com a proposta. 

O Laboratório é aberto para que a comunidade acadêmica, de forma autogestionada e propositiva, realize dinâmicas alternativas para abordagem dos diversos temas, tais como rodas de conversa, oficinas e saraus. Também oferece estrutura para estudos e aprofundamento das questões, possibilitando que docentes orientem e formem grupos de trabalho ou pesquisa e que especialistas de áreas afins sejam convidados para atividades.

“Desde os primeiros dias, está sempre aberto, é acolhedor e aconchegante. Então, usarei muito e terei o maior prazer em ajudar a concretizar este espaço de debate e de estudo! Acredito que no decorrer das atividades propostas pela FASA e pelos acadêmicos veremos a sala cheia de homens e mulheres querendo construir uma faculdade cada vez mais humana e competente!”, complementa Amanda. 

 

Homenagem à artista e à mulher

O nome do espaço foi escolhido tendo em vista que a artista plástica mexicana Frida Kahlo (06/07/1907-13/07/1954) transformou-se em um ícone da Arte mundial não apenas por sua técnica e estilo mas, também, pela mensagem que sua obra carrega - a luta por liberdades, pelo respeito às diversidades e à pessoa humana, o desejo de construir uma sociedade fraterna e solidária. Junto a isso, a sala onde está instalado o laboratório faz referência estética à Casa Azul - originalmente residência familiar de Frida, na Ciudad de Mexico, que, em 1958, passou a abrigar o Museo Frida Kahlo. 

EM DESTAQUE

Churrascaria do Chico

Fazendo vontades com sabor, qualidade e economia.

Saiba mais

Associação dos Municípios das Missões AMM

Têm em comum a história e a disposição de luta pelo crescimento econômico e social da Região Missões.

Saiba mais

Fazenda do Presente

Balneário, Turismo Rural, Camping, Lazer e Recreação

Saiba mais

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...