Notícias

18/03/2020 14:05


MATO QUEIMADO DEFESA CIVIL VISITA O MUNICÍPIO QUE PREPARA O DECRETO DE SITUAÇÃO DE EMERGENCIA

     Na segunda feira, 16 de Março, o Sargento Oliveira e o Tenente Correia visitaram o Município de Mato Queimado, a pedido da Defesa Civil Municipal para discutir o Decreto de Situação de Emergência face a estiagem que assola a região. Além da Defesa Civil, o Executivo, Legislativo, Técnicos, Emater e lideranças de Mato Queimado e Caibaté discutiram a situação, que ainda vem agravada com as medidas de enfrentamento ao Corona vírus. Amplamente analisado, os técnicos estão a campo realizando os levantamentos das percas e de que forma cada família está afetada pelo evento da estiagem, que mesmo que chova não recupera as percas a campo. Após os relatórios estarem conclusos, toda documentação será analisada pela Defesa Civil para após editar e publicar o Decreto de Emergência. Isso deverá acontecer até o início da próxima semana. A população pode auxiliar, informando o percentual de perca, principalmente com a produção de leite, pois milho e soja será pela média de perca calculada sobre a área estimada de plantio. Serão usados os relatórios do IBGE e dos técnicos para avaliar a situação e aproximar o percentual de perca. O Município está promovendo uma série de medidas relacionadas ao fato, entre elas:
- Suspensão do uso do Caminhão Pipa para transporte de chorume, sendo mantido exclusivamente com água e no sistema de plantão;
- Disponibilização de duas retro escavadeiras diariamente para limpeza de bebedouros e abertura de locais para acesso a água;
- Reativação de Poços Artesianos existentes e interligados a redes gerais;
- Orientação á população de use a agua de forma racional e somente para necessidades de consumo;
- Monitoramento dos níveis dos Poços Tubulares Profundos e ajustes das Bombas Submersas para captação de água;
- Revisão das redes de água do Município para identificar possíveis vazamentos e utilização da água;
- Encaminhamento de solicitação à Secretaria de Agricultura do estado para perfuração de novos poços.
     Estima-se, que até esta data, os prejuízos econômicos do Município ultrapassa o montante de quinze milhões de reais, correspondente a um ano de arrecadação liquida do Município. O Executivo Municipal e a Defesa Civil recomendam que a população faça também sua parte no controle do uso de água.

EM DESTAQUE

Tenda da Terra

Artesanato Indígena, Artigos Gaúchos, Quadors, Esculturas, Pintura em Tela, Camisetas, livros, Porcelanas, Cestarias e Lembranças da região.

Saiba mais

Clube Gaúcho CG

Famoso clube de Santo Ângelo onde ocorrem diversos tipos de eventos. 

Saiba mais

Mato Queimado

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...