História

Aniversário Porto Xavier é 15 maio. 

Quem nasce ou mora no município de Porto Xavier chama-se: PORTOXAVERIENSE.

Porto Xavier é um dos recentes municípios do Alto Uruguai. Seu povoamento deu-se pelo ano de 1870.

O nome inicial foi São Francisco Xavier, depois São Xavier, Cerro Pelado e finalmente Porto Xavier, devido a ser porto sobre o rio Uruguai e também o nome primitivo. A origem do atual território desse município começa com as Reduções Jesuíticas, fundadas pelo Padre Roque Gonzales, na primeira metade do século XVII, na

Região das Missões.

Contam os historiadores, entre eles Lugon, na obra “República Comunista Cristã dos Guaranis”; Riograndino da Costa e Silva, na obra “Notas à margem da História do Rio Grande do Sul”; o historiador francês Charlevoix, em obra “Historie du Paraguay” que, pela Fundação da Redução de San Javier, no ano 1626, em frente à essa cidade e com o mesmo nome, na margem direita do rio Uruguai, bem como a Redução de Assunção do Ijuí, no ano de 1628, distante cerca de 15 km de Porto Xavier, ali se iniciou a povoação.

Após uma batalha, conforme fazem referência muitos estudiosos do assunto, os Mamelucos, pelo período de um século, não mais causaram incômodos à região dos Sete Povos das Missões. Tudo faz crer, portanto, que o território do atual Porto Xavier tenha crescido paralelamente ao desenvolvimento das Reduções Jesuíticas que atingiram o seu apogeu nesse período.

Há referências sobre esse local, na obra intitulada “Polinthés Missioneira”, versado sobre o núcleo populacional denominado “Cerro Pelado” e que era um dos topônimos antigos de Porto Xavier.

Os imigrantes de origem européia começaram a chegar em maior número e a povoação foi aumentada, com a colonização do território. Segundo vários documentos da época, o local passou a denominar-se abreviadamente de San Javier e, também, Cerro Pelado, cuja designação aparecia nos mapas geográficos.

Em 1916, com a criação, através do Decreto Federal, da Mesa de Renda Alfandegadas, passou a denominar-se Porto Xavier. Certamente foi levado em consideração que, por esse local, havia grande trânsito entre Brasil e Argentina, o que requeria a presença de Fiscalização, por parte de um órgão governamental.

A importância da localização geográfica de Porto Xavier, como elo da ligação e intercâmbio entre Brasil e Argentina, ficou bem evidenciado, uma vez que, durante a quarta década do século, já existia uma linha internacional de transporte coletivo que ligava Posadas, Província de Missiones-República Argentina a Santo Ângelo, no Rio Grande do Sul, e que foi interrompida com a eclosão da Segunda Guerra Mundial. A 15 de maio de 1966, tomava posse o primeiro administrador, Interventor Federal, nomeado pelo Presidente da República e com isso Porto Xavier efetivamente passou a Município, tornando-se independente política e administrativamente.

Município mãe: Cerro Largo.