Notícias

07/07/2017 17:00


Curiosidades Históricas da Bossoroca João Antunes

Curiosidades - 1º e 2º Relato
         Sobre Bossoroca - 1º Relato
Bossoroca deriva-se do vocábulo guarani Iby-soroc e tem o seguinte significado: Iby: terra e Soroc: chão rasgado, voçoroca. Antes foi registrado Boçoroca e depois Bossoroca.
Este lugar já foi chamado de Rincão do Icamaquã, 4º Distrito de São Borja, Carovy, Capão da União, Igrejinha, Vila dos Cata-Ventos e Bossoroca.
A sede do município de Bossoroca situa-se nos campos que foram das famílias Pereira e Bonfim.
1783 – Ano em que nasceu a pessoa mais velha desta localidade, que foi Maria H. Nunes, que viveu 119 anos e faleceu dia 22 de fevereiro de 1902.
1810 - O maior latifúndio foi a Fazenda São José Del Rosário de 52.200 hectares, que pertenceu a Manoel Elias Ferreira Antunes.
1823 – Foi iniciado o Cemitério da localidade de Igrejinha. 
1864 – O primeiro titular do Cartório foi João Maria de Oliveira, que atuou até 05 de outubro de 1906.
1878 – Foi iniciado o Cemitério dos Cativos.
1880 – O primeiro juiz de paz foi Inocente Antonio dos Santos.
1897 – O casamento nº. 1 foi de Guilherme José Pithan e Amanda Dolores Pithan, dia 29 de julho.
1897 – O óbito nº 1 registrado no Cartório foi de Francisco Xavier Pedroso falecido em 10 de setembro.
1897 – O nascimento nº 1 registrado no Cartório foi de uma criança filha de Olivério Lemos e Zulmira Lemos, dia 27 de setembro. Observação: não consta o nome da criança, mas a referência de que é do sexo masculino e filho legítimo.
1914 - O primeiro uso da palavra “Boçoroca”, que se tem notícia, foi 1º de julho, por João Luiz Nascimento.
1928 – Chegou o primeiro professor Leonardo Ronay que lecionou até 1934.
1930 – Foi instalada a primeira farmácia que pertenceu a Alfredo Ferreira Aquino.
1934 – O primeiro médico foi o doutor Cunha 1934-1938. 
1937 – Primeiro engenho de beneficiamento de arroz era de Theodomiro Viriato Batista.
1938 – Dia 26 de fevereiro foi fundada a vila com o nome Igrejinha. Mais tarde houve protestos e voltou a ser chamada Bossoroca.
1938 – O primeiro sapateiro foi Fortunato Müller.
1938 – A primeira bailanta, a “Bailanta do Barrera”, pertenceu a Prisco Barrera.
1938 – A primeira padaria pertenceu a Prisco Barrera.
1938 – A primeira oficina mecânica pertenceu a Prisco Barrera.
1938 – A primeira lambreta pertenceu a Alexandre Martins.
1938 – O primeiro time de futebol foi criado na localidade de Igrejinha.
1939 – O primeiro açougue pertenceu a Mário Alves Pereira.
1940 – A primeira barbearia, pertenceu a Assis Brasil Fontoura – Cici.
1940 – O primeiro centro espírita foi fundado em 1º de março por João Martins Bittencourt.
1942 – O primeiro delegado de polícia foi Gregório Fortunato.
1943 – A Inauguração da Ferrovia e da Estação da RFFSA ocorreu dia 1º de junho.
1943 – O primeiro agente da RFFSA foi Tancredo Gomes da Trindade, de 1º de junho deste ano até 13 de abril de 1944.
1943 – O primeiro telefone da localidade foi na RFFSA, dia 1º de junho.
1946 – O candidato ao governo do estado Décio Martins Costa visitou Bossoroca.
1948 – Eleição da primeira diretoria do Hospital Nossa Senhora das Graças foi dia 14 de março. O primeiro presidente foi Leoveral de Souza Oliveira. O primeiro paciente do hospital foi Mário Peixoto.
1948 – Foi inaugurado o embarcadouro de gado, o popular “Mangueirão”, dia 20 de julho, pertencente a Associação Rural, de São Luiz Gonzaga. O primeiro pesador foi Romalino Araújo.
1951 – Início da cultura extensiva de trigo por Amália Pereira de Atanásio.
1952 – Bossoroca tornou-se 2º Distrito de São Luiz Gonzaga, através da Lei municipal nº. 123, do dia 18 de agosto.
1962 – Foi criado o Ginásio Estadual Miguel Fernandes pelo Decreto nº. 13932, de 26 de julho. A aula inaugural foi dia 03 de abril de 1963. A primeira diretora foi Anna Olívia Nascimento. 
1965 – O Clube 3 de Julho foi fundado no mesmo dia e mês da sua denominação. O primeiro presidente foi João Pedro Furtado Fabrício.
1965 – Houve o plebiscito para a emancipação dia 22 de agosto.
1965 – A criação do município foi dia 12 de outubro através da Lei nº. 5.058. Era então governador do Estado o exmo. senhor Ildo Meneguetti.
1967 – A instalação do município foi dia 04 de março.
1967 – João Dutra assume a chefia do município, dia 04 de março, nomeado interventor.
1967 – A primeira presidência da Câmara de Vereadores foi exercida pela vereadora Lúcia Marília Marques.
1967 – O CTG Sinuelo das Missões foi fundado dia 20 de setembro. O primeiro patrão foi Manoel Vargas Loureiro – Polaco Loureiro. A primeira prenda foi Ester Eveline Marques Bica. E o primeiro baile foi animado pelo conjunto Os Araganos.
1968 – Ocorreu a primeira eleição no município dia 15 de novembro. Elegeu-se prefeito, pelo voto popular, João Luiz Nascimento. 
1968 – A fundação do Sindicato Rural foi dia 08 de dezembro. O primeiro presidente foi João Pedro Furtado Fabrício.
1969 – Foi fundada, em 26 de abril, a Unidade da Coopatrigo, tendo como primeiro gerente Domingos Terra de Oliveira que ficou na função por 17 anos. 
1972 – Troca da “Maria Fumaça” pelo trem movido a óleo diesel.
1972 – O vereador mais votado da história foi José Leal Sattes, que obteve 366 votos, que corresponde a 26,14% do número de leitores desse pleito.
1974 – O posto de Saúde foi inaugurado pelo então governador Euclides Triches, dia 01 de abril.
1974 – A primeira agência bancária foi o Banco Sulbrasileiro SA. inaugurada dia 04 de julho. O primeiro gerente foi Clóvis Cardona. 
1975 - Dia 24 de janeiro foi instalada a Corsam em Bossoroca e o primeiro funcionário foi Porfírio Terra Gomes.
1975 – Houve o início das aulas de II Grau na Escola Técnica de Comércio, de São Luiz Gonzaga. Extensão Bossoroca.
1975 – Foi criada a Planagro, de Telmo Fabrício Dutra e Antonio Carlos Reis Sampaio, que foi a primeira empresa local na venda e espalhamento de calcário.
1975 – Foi iniciada a demolição, dia 02 de janeiro, da capela para a construção da atual Igreja Matriz. 
1975 – O senhor Vitel Aquino ganhou a concessão para a Estação Rodoviária de Bossoroca, dia 19 de julho.
1975 – A inauguração da ponte sobre o Rio Piratini foi dia 21 de novembro. 
1977 – A atual Estação Rodoviária que era de propriedade de Vitel Aquino iniciou as atividades dia 08 de agosto. A primeira passagem foi vendida para José Vargas (ferroviário). 
1978 – O Cine Zanotto encerrou suas atividades após 13 anos em Bossoroca.
1978 – Instalação da Paróquia Sagrado Coração de Jesus dia 14 de maio. O primeiro vigário desta paróquia foi Mário Hoss.
1978 – Fundação do Sindicato dos Trabalhadores Rurais dia 25 de agosto. O primeiro presidente foi Alcino Gomes Pereira.
1978 – Foi criado no Núcleo de Voluntariados da LBA dia 27 de setembro.
1979 – Houve a primeira feira do livro, na praça da matriz, dia 10 de outubro.
1980 – Houve as Missões na Paróquia de 23 de fevereiro a 30 de março, ministradas pelos Freis: Nelson Junges, Nelson Muller, Olimar Kerwald, Geremaro Melz, Lotário Neuman e José Frey. 
1980 – Foi fundado o Grupo de Jovens Renovação dia 10 de abril. Viro Backes foi o primeiro presidente.
1980 – O primeiro Encontro Paroquial de Jovens foi dia 15 de junho.
1981 – Através do Decreto 30023, de 20 de janeiro, foi criada a Escola de II Grau Bossoroca. 
1981 – Foi criado o Museu Municipal Paulina Alves Pereira dia 01 de outubro, através da Lei nº. 406, quando era prefeito Orestes Wesz. O primeiro presidente foi José Moacir Fabrício Dutra. O funcionamento aconteceu só em 13-08-1992, quando foi presidente Raul Michel Junior.
1982 – Foi inaugurada a agência do Banrisul dia 16 de abril.
1982 – Foi inaugurada a agência da Caixa Econômica Federal dia 21 de setembro.
1982 – O posto avançado do Banco do Brasil foi elevado à categoria de agência dia 10 de novembro. 
1984 – A Paróquia de Bossoroca recebeu recursos financeiros da Adveniat, da Alemanha para a construção do salão paroquial e compra de um carro novo. Quem organizou e coordenou o projeto foi o padre Alcido Kaiser.
1985 – Foi fundado o CTG Sombra de Carreteiro, da Vila Timbaúva, dia 04 de agosto.
1987 – Foi instalado junto à Coopatrigo o Posto da Copacredi, dia 21 de setembro, onde quem atendeu gratuitamente vários meses foi João Antunes, que era funcionário da Coopatrigo.
1988 – Foi promulgada e sancionada Lei nº. 675, pelo prefeito João Dutra, dia 25 de maio criando o primeiro bairro através de lei, que foi o Bairro Bonfim, o que não deve ser confundidas as datas com o atual Bairro da Gaúcha que fora criado mais tarde e que, antes, era chamado de Vila Gaúcha.
1989 – João Antunes, a pedido de Telmo Ramborger, fez o levantamento da viabilidade e, posteriormente, com João Aquino organizaram um abaixo-assinado e a mobilização dos produtores para a reaquisição da Unidade da Coopatrigo, proposta aceita pela direção da cooperativa, que envolveu uma operação financeira equivalente a 128.000 sacas de soja, que foram pagas em 04 parcelas à Merlin SA.
1989 – Houve um dos maiores temporais com chuva e pedras dia 30 de agosto que causou sérios prejuízos no interior do município.
1990 – Houve a primeira edição do Manancial Missioneiro da Canção, de 29 de novembro a 01 de dezembro.
1991 – Foi criado o Grupo de Escoteiros Guaranis, dia 20 de abril. 
1991 – Em dezembro deste ano aconteceu a primeira edição do FREB. Festival Regional Estudantil da Canção. 
1991 – Também em dezembro foi construído o depósito de lixo no Rincão da União.
1994 – Instalação do Juizado de Pequenas Causas, dia 02 de julho.
1994 – Houve o passeio de trem denominado “Trem da Cidadania” dia 01 de dezembro. Participaram do evento 1.450 pessoas.
1995 – Houve o primeiro baile na grama no Parque de Exposições Marcos Fabrício na noite de 18 de fevereiro. A animação foi do Grupo Sul Canto, de Elair Chaves.
           Sobre Bossoroca – 2º Relato
 A pessoa que mais votou em eleições foi Juca Fabrício.
 O primeiro delegado de polícia após a constituição do município foi Sidnei Franco.
 O primeiro brigadiano a residir aqui foi Mariano Pinto.
 O primeiro associado da Coopatrigo Bossoroca foi Antonio Marchi.
 O primeiro bispo a visitar Bossoroca foi Dom Felipe de Nadal. 
 O primeiro motor a vapor pertenceu a Theodomiro Viriato Batista.
 O primeiro caminhão que circulou aqui pertenceu a um senhor chamado Alcides. Depois foram os caminhões de Rui Furtado e João Gringo.
 A primeira cancha de carreiras situava-se nos campos de Leocádia Vieira Pinto.
 A primeira máquina de tosquia de lã de ovinos pertenceu a Leoveral de Souza Oliveira.
 O primeiro criador de cavalos de raça foi Marcos Fabrício da Silva.
 O primeiro bazar pertenceu a Sílvia Barcelos.
 O mais famoso gaiteiro de antanho foi Agostinho Velasques.
 Existe um causo relatado que Bossoroca é a única cidade do mundo onde houve um acidente, que ainda não está no Livro dos Recordes, envolvendo 100% da frota, ou seja, o fato aconteceu na esquina da Rua Dr. Alves Valença com a Rua João Gonçalves com os únicos dois veículos que existiam no município.
 Os primeiros escultores em túmulos foram Domingos Ricardo Italiano, José Mugartegui e João Arzewenko.
 A maior extensão de cerca de pedra situa-se na propriedade que pertence à sucessão de Irineu da Silva Cardinal, em Igrejinha.
 A voçoroca que deu origem ao nome do município também situa-se na localidade de Igrejinha.
 Leoveral de Souza Oliveira que era natural de São Francisco de Assis foi o primeiro exportador de couro através do seu estabelecimento comercial em Bossoroca.
 O maior número de bovinos transportados num só dia do embarcadouro através de três trens via “maria-fumaça” foi de 900 cabeças.
 Antes da atual rede elétrica a energia era gerada por um motor gerador que situava-se onde hoje é a sede Corsan. Quem primeiro operou o gerador foi Hélio Fabrício Vieira. 
 Bossoroca é cercada, basicamente, por cinco mananciais.
 Na esquina entre as ruas Alves Valença com João Gonçalves do Nascimento funcionou a primeira bomba de gasolina de propriedade de Vitel Aquino.
 No alicerce do prédio onde hoje situa-se a Brigada Militar encontra-se uma garrafa e dentro dela a relação dos colaboradores na construção daquele prédio em meados de 1939.
 O loteamento da sede do município foi principiado pelo capitão Nelson de Aquino.
 As primeiras casas construídas foram de Paulina Alves Pereira, Alfredo Ferreira Aquino, Fortuna Muller, Manoel Gonçalves Nascimento, José Fabrício da Silva, Marcos Fabrício da Silva, Manoel Calice, Antonio Fraga de Medeiros, João da Costa Furtado.
 Os primeiros negociantes: Alfredo Ferreira Aquino, Simeão Loureiro, Luiz Gonzaga Nascimento, Romalino Araújo, Olmiro Araújo, Acácio de Souza Martins e Vitel Aquino.
 O primeiro pintor e carpinteiro foi Étore Bonesso.
 Quando Bossoroca tornou-se 3º Distrito o senhor Alcino Schorn de Morais era prefeito de São Luiz Gonzaga.
 A primeira marcenaria pertenceu a Paulino Aquino Duarte que também foi proprietário do Café Central construído em 1943.
 O primeiro ferreiro foi o senhor Ferrari.
 A residência situada na Rua Dr. Alves Valença, 117, que pertenceu a Cícero Caetano Cavalheiro, que era casado com Célia Natividade Nascimento Cavalheiro pertence hoje ao seu sobrinho Cícero Nascimento Morais que é casado com Célia Maria de Souza Morais.
 O galpão situado na Rua D. Alves Valença, 117, foi construído com parte do material da Bailanta do Barrera e parte do material da escola onde lecionou Leonardo Ronay. 
 O primeiro veículo que rodou por aqui foi um “Ford Bigode” que pertenceu a Theodomiro Viriato Batista.
 O primeiro hotel pertenceu a Manoel Calice. 
 O primeiro táxi pertenceu a Fernando Mendiona.
 O primeiro trator que veio para cá pertenceu a Amália Pereira de Atanásio.
 A primeira linha de ônibus entre Bossoroca e São Luiz Gonzaga era feita num Ford-37 com carroceria de madeira que depois foi adquirido pelo popular Xiru Medeiros. 
 A primeira automotriz pertenceu a Amália Pereira de Atanásio. 
 O primeiro sepultamento ocorrido no cemitério da sede do município foi de Loreley Nascimento Pereira.
 Paulina Alves Pereira foi uma das mulheres que mais serviu Bossoroca.
 Pessoas desta localidade que participaram da Revolução Farroupilha: Jacinto Antunes Pinto, José Fabrício da Silva, José Joaquim Assunção, João Cunha das Silveira, Florêncio Sanábria Flores. 
 Pessoas desta localidade que participaram da Guerra do Paraguai: João Luiz Nascimento, Elisiário Nascimento, Luiz Gonzaga Nascimento, José Gonçalves de Oliveira.
 Pessoa desta localidade que participaram na Revolução Federalista de 1893: Porfírio José Pereira, João Cunha da Silveira Sobrinho, Manoel Antunes Ferreira, João Luiz Nascimento, José Francisco Ferreira, José Martins Pinto, Jacinto Martins da Rocha.
 Pessoas desta localidade integrantes da Coluna Prestes: Gaspar Nascimento, Alfredo Ferreira Aquino, Laurindo Pinto, Luiz Fagundes. 
 A primeira turma de formandos do Ginásio Miguel Fernandes foi: Walmor Aquino dos Reis, Carlos Cardinal Oliveira, Telmo Fabrício Dutra, Aldemir Marques Jaques, Aristarco Prado Nascimento, José Augusto P. da Silva, Marlize Terezinha Bonfim Andrade, Odila Nascimento Martins, Ana Regina de S. Oliveira. 
- Jayme Caetano Braun (renomado pajador e poeta) nasceu em São Luiz Gonzaga 30-01-1924 na fazenda que pertencera a Anibal Antonio Caetano onde hoje é território bossoroquense e faleceu em 08-07-1999.
- Noel Guarany, Noel Fabrício da Silva, (registrado deste modo), missioneiro que adotou Bossoroca, nasceu dia 26-12-1941 e faleceu dia 06-10-1998. Maior cantor missioneiro e marco da música missioneira. 
- Olívio de Oliveira Dutra. Nasceu em 10-06-1941. Bancário e Sindicalista. Deputado Federal pelo Rio Grande do Sul, Prefeito de Porto Alegre, Governador do Estado do Rio Grande do Sul, Ministro das Cidades do Brasil.
- João Cândido Dutra nasceu em 05-11-1915 na localidade de Timbaúva quando Bossoroca pertencia a São Luiz Gonzaga. Integrou a Comissão Emancipacionista de Bossoroca. Foi prefeito durante três mandatos com destacadas obras. Foi vereador em São Luiz Gonzaga, comerciante, pecuarista, juiz de paz e sub delegado de polícia. Faleceu em 11-01-1995.
 O último cata-vento a permanecer em pé foi na residência de Emo Dutra Borges.
 O primeiro aparelho de TV foi instalado na residência de José Valença Beltrão.
 O primeiro computador e o primeiro Fax foram instalados na empresa dos Irmãos Boligon Ltda. 
- O primeiro supermercado foi o Supermercado Gaúcho de propriedade de Afonso Ristow que mais tarde teve como sócio David Daniel Rigo. O Supermercado estava situado na Rua Dr. Vergílio Nascimento, 218.
 Uma das pessoas que mais tinha o hábito de levantar cedo foi o saudoso Heráclito Nascimento Leães.
 As duas enfermeiras que atuaram pela Coopatrigo no início dos anos 90 no trabalho de medicina preventiva foram Maria Celina de Freitas e Solange Maria Schimitz Piovesan. 
 O maior jogador de “bolitas” foi Odil Nascimento Antunes.
 A primeira venda de picolés foi na residência de Valença Beltrão.
 O Distrito Industrial tem o nome de Cassemiro Kazienko, que era ferreiro e dona de olaria. 
 O estádio municipal chama-se Edson Marchi - desportista, o Ginásio de Esporte chama-se César Dirceu Franco – desportista e vereador e a cabine de imprensa chama-se Enio de Souza Leães - desportista. 
 Dizem, não se sabe se é verdade ou lenda, que Alfredo Ferreira Aquino, que pertenceu e foi um dos enfermeiros da Coluna Prestes, que ao longo da sua vida, teve 722 afilhados. 
 A equipe de futebol que conquistou o maior número de títulos foi “Sonhos Horríveis”. 
 A bossoroquense que mais tempo residiu na Europa foi a saudosa Ecilda Antunes Lopes, em Londres – Inglaterra, do ano de 1973 ao ano de 2006.
 A pessoa com o nome mais extenso que tenho conhecimento: Rubens Valeriano Furtado Fabrício da Silva. Com o nome menos extenso: Olívio Pes. 
 Gaspar Nascimento se distinguia por sempre estar pilchado à moda gaúcha. 
 Assis Brasil Fontoura e Enir Medeiros faziam consertos em armas de fogo.
 Os primeiros funcionários da prefeitura municipal foram Vinício Nascimento, Cloves Nascimento e Paulo Fagundes.
 O maior bigode: João Sasso Pinto - Tio Bila.
 Um casal pais de gêmeos por duas vezes: Arnóbio e Ana Maria Antunes Ribeiro. (os gêmeos: Mário e Odete, Guilhermino e Guilhermina). 
 O matrimônio mais duradouro: Juvenal Ribeiro e Izabel Ribeiro por 71 anos.
Esta pesquisa teve por base os documentos do meu acervo particular, livro História e Memórias de Bossoroca, de Valeriano Cruz, livro Pioneiros de Bossoroca, de Jorge Fialho e ainda os depoimentos verbais colhidos dos saudosos Valeriano Cruz e Vitel Aquino Duarte, entre outras pessoas. 
Portal: Escritor João Antunes poeta, historiador e compositor 
Facebook = João Carlos Oliveira Antunes
Bossoroca (55) 9999-42970 joaoantunes10@terra.com.br 
Notícia: Água: Um Bem Precioso! João Antunes
Notícia: Protesto Ecológico - João Antunes

EM DESTAQUE

Tenda da Terra

Artesanato Indígena, Artigos Gaúchos, Quadors, Esculturas, Pintura em Tela, Camisetas, livros, Porcelanas, Cestarias e Lembranças da região.

Saiba mais

Sindilojas

São Pedro Butiá

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...