Notícias

12/08/2018 15:35


Existe o Gaúcho por Léo Ribeiro

Certa feita, no tempo em que o MTG promovia excursões de gaúchos tradicionalistas para diversos Estados Brasileiros com o intuito de divulgar nossa cultura mundo a fora, eu estava nos pavilhões do Parque Anhembi, em São Paulo. Haviam partido 36 ônibus de diversas partes do Rio Grande do Sul, muitos foram de carros particulares ou de avião, com esta missão de demonstrar nossos costumes a todos que visitassem o Salão do Automóvel daquele ano. Juntamente com nosso pessoal de São Francisco de Paula, foram, no mesmo ônibus, a turma de Santo Antônio da Patrulha. 
Chegamos quase um dia atrasados dos demais pois, durante a viagem, nos lugares que entrávamos, tocando e cantando, não nos deixavam sair tão cedo. 
Teria dezenas de histórias e estórias para contar desta viagem mas o foco da postagem é outro.
Quando chegamos lá a organização do evento havia preparado uma barraca do exército para cada cidade fazer sua sede, além de toneladas de carne para serem assadas e distribuídas aos visitantes. As barracas formavam um imenso corredor de rio-grandenses.
Pois bueno.
Qual não foi nossa surpresa ao clarear o primeiro dia ao percebermos que havia um vão, um vazio, nas barracas postadas lado a lado das "cidades" gaúchas vizinhando.
O que aconteceu foi que uma turma, de uma determinada cidade do interior do Rio Grande do Sul, durante a boca da madruga desmanchou sua barraca e foram armá-la distante do citado acampamento. Ficaram isolados por gosto e conta própria. Longe, inclusive, dos turistas.
Ao serem questionados pelos organizadores o por que de tal gesto responderam que "não se misturavam por serem mais gaúchos que os outros".
Isto tudo é apenas grande preâmbulo para eu poder perguntar: - Existe alguém mais gaúcho do que os outros gaúchos? Este ufanismo de determinadas regiões do Estado tem fundamento? 
Toco neste assunto por lembrar que os Irmãos Bertussi, por muito tempo, foram desconsiderados pelos "verdadeiros gaúchos" por serem "gringos". No primeiro Congresso Tradicionalista, em Santa Maria foram ignorados pelos "gaúchos autênticos". 
Quer dizer então que se tu não lida no campo, não é proprietário de terra, não tens o direito de cultivar nossas tradições? 
Este é um tema para várias postagens e, futuramente, vamos voltar ao assunto.
Fonte Léo Ribeiro www.blogdoleoribeiro.blogspot.com 
Diálogo entre comentários ...

Gilberto Carvalho Ha alguns anos conheci o Tim, tim...era Chinês, rico e curioso por culturas do mundo todo. Chegou, apaixonou-se e viveu 5 anos no RS. Costumava ir PILCHAODO A GAUCHA em bailes, rodeios e tertulias. Bancou do proprio bolso varios eventos em prol da nossa cultura. Um dia retornou a sua Terra deixando a maior prova do que é ser gaucho ! 
Léo Ribeiro de Souza Muito meu amigo o Tim Tim. Morou em São Chico, promoveu a Cavalgada da Paz, no dia 1° de janeiro. Ganhei alguns prêmios dos concursos de poesia que organizava em louvor ao Dia Mundial da Paz. Grande "Gaúcho" mesmo (embora Chinês). 
Gilberto Carvalho Amigo Léo...a melhor definição está no piema do Jayme C.Braun : " gaucho é estado de alma sob qualquer vestimenta ! "
Notícia: PAIXÃO CÔRTES SERÁ O IRMÃO HOMENAGEADO na 6ª Tertúlia Maçônica da Poesia Crioula. 
Notícia: Monumento a Jayme e as Missões 
Notícia: Única Imagem de Bento Gonçalves Encontrada em Museu 
Notícia: Um Pealo Na Soberba. 
Notícia: Piazada Gaúcha Faz Sucesso no The Voice Kids 
Notícia: CLASSIFICADAS DO 26º RONCO DO BUGIO 
Notícia: Quem Foi Zeca Netto? Notícia: Existe o Gaúcho "Verdadeiro" ? Leo Ribeiro

EM DESTAQUE

Mato Queimado

Roteiro por São Miguel das Missões

É cercado de lendas e costumes, símbolo da Nascente do Riogrande, Patrimônio da Humanidade.

Saiba mais

São Pedro Butiá

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...