Notícias

04/12/2018 18:45


Santo São Nicolau origem do Papai Noel

     Ficou conhecido por sua caridade e afinidade com as crianças. Devido à sua imensa generosidade e aos milagres que lhe foram atribuídos, foi santificado pela Igreja Católica e tornou-se um símbolo ligado diretamente ao nascimento do Menino Jesus. São Nicolau é atualmente um dos santos mais conhecidos da cristandade. Dia 06 de dezembro é seu dia.
 Ele é o santo padroeiro da Rússia, da Grécia e da Noruega, também protetor dos guardas noturnos, coroinhas, marinheiros e comerciantes.
Tornou-se bispo de Mira com 30 anos de idade. Morreu em 6 de dezembro de 343 d.C e enterrado na cidade de Mira. Em 1087 o corpo e Nicolau foi roubado por 62 marinheiros e levado para Bari. Em Bari foi erguido a Basílica di San Nicola. 
“Os restos mortais de São Nicolau foram depositados em uma tumba provisória em 1089 e foi transferido para seu lugar definitivo no ano seguinte para um novo sepulcro inteiramente feito de mármore. Todos os anos em Bari no dia 6 de dezembro celebra-se o dia da morte do Santo e de 7 de maio acontece a festa de São Nicolau (Festa di San Nicola)”. Conhecido por ser um homem de família rica tentou ajudar as pessoas sem que elas soubessem que tinha lhes dado dinheiro, anonimamente jogava moedas e pepitas de ouro até que as crianças tivessem condições de se sustentar e várias histórias se tem a este respeito.
Um dos símbolos da tradição do natal são as MEIAS. “No século XII, surgiu o costume de representar São Nicolau dando doces às crianças, na vigília de sua festa, talvez numa transposição do milagre do bispo que, conforme a lenda teria ressuscitado três meninos assassinados e salgados, ou do dote providenciado para as três jovens. 
Mais tarde, esse costume se desenvolveu por influência dos mistos germânicos da natureza. E no séculos IX, no norte da Alemanha, o folclore pagão substituiu São Nicolau pelo “Homem Natal” (Weihnachtsmann), mudando seu nome para “Santa Klaus”, e assim em vários países europeus as festas e costumes de auxiliar as crianças e pobres com uma figura de um homem velho de barba branca, que aos poucos, foi se propagando e transformando com o passar dos anos no travestido de Papa Noël e, mais tarde, comercialmente instrumentalizado para promoção da festa do Natal.”
No dia 6 de dezembro, celebra-se a festa de São Nicolau. Em nenhuma das celebrações, porém, se escrevem cartas pedindo-lhe presentes, nem se chama o santo de “Papai Noel” ou “Santa Claus”, que é o modo como os norte-americanos abreviaram o seu nome latinizado, “Nicolaus”. E não, ele não mora nem morou jamais no Polo Norte.
Cinco fatos importantes s obre São Nicolau
1 – São Nicolau era turco
Ele nasceu por volta do ano 270 em Patara, na atual Turquia, filho de uma família rica. Dizem que os seus pais eram cristãos fervorosos que o educaram na fé. Ao morrerem, deixaram para Nicolau uma fortuna considerável, que ele pôs imediatamente a serviço dos necessitados.
2 – Foi consagrado bispo “por acaso”
Com a morte dos pais, Nicolau foi para Mira – e é por isso que se tornou conhecido como São Nicolau de Mira. O bispo local também tinha falecido havia pouco tempo e os sacerdotes discutiam sobre quem o devia substituir, já que, na época, a nomeação dos bispos ainda não era feita diretamente pelo Papa. Eles decidiram colocar tudo nas mãos do Espírito Santo e resolveram que o próximo bispo seria o primeiro que entrasse no templo. Casualmente, ou providencialmente, quem entrou foi Nicolau.
3 – Ele colocou dinheiro em meias, sim!
Conta a tradição que, ainda jovem e vivendo em Patara, Nicolau soube que um dos vizinhos tinha se visto obrigado a prostituir as suas três filhas. Segundo algumas versões, Nicolau jogou três sapatos cheios de ouro pela janela do quarto daquele pai, tentando assim remediar a sua situação. Outras versões dizem que o santo teria lançado o ouro pela chaminé da casa, de onde ele foi cair dentro das meias que as jovens tinham deixado para secar junto ao fogo.
4 – São Nicolau de Mira ou São Nicolau de Bari?
De Bari ou de Mira, é o mesmo São Nicolau. No Oriente ele é chamado “de Mira” porque foi aquela a sua diocese como bispo. No Ocidente é conhecido como “de Bari” porque, depois que os muçulmanos conquistaram a Anatólia, um grupo de católicos levou as relíquias do santo, em segredo, até Bari, na costa italiana. Foi de lá que a devoção a São Nicolau se estendeu por toda a Europa, a ponto de que o santo se tornasse padroeiro da Rússia, da Grécia e da sua Turquia natal.
5 – Sim, ele deu uma bofetada no herege Ário
São Nicolau participou do Concílio de Niceia, convocado em 325 pelo imperador Constantino. Mais de trezentos bispos debatiam a natureza da Santíssima Trindade. No meio deles estava Ário, que afirmava que a natureza do Filho não é igual à do Pai.
Ário defendia seus argumentos vigorosamente enquanto os bispos escutavam – menos Nicolau, que perdeu a paciência e deu-lhe uma bofetada em pleno concílio. Por sua conduta inadequada neste episódio, Nicolau foi levado à presença de Constantino, que determinou que eram os próprios bispos que deviam decidir a punição a ser aplicada. Eles confiscaram suas vestes episcopais e o mandaram à prisão. Na mesma noite, conta a tradição, Nicolau teve uma visão em que Jesus lhe entregava as Escrituras e Maria lhe devolvia as vestes. No dia seguinte, quando o carcereiro foi levar sua comida, encontrou Nicolau vestido como bispo e lendo as Escrituras.
Quando soube do fato inexplicável, o imperador exigiu que o libertassem. Quanto ao concílio, acabou dando a razão a Nicolau ao resolver a questão contra Ário e redigir o que hoje conhecemos como o Credo Niceno-Constantinopolitano.
Outro assunto: 
São Nicolau x Papai Noel
Há 75 anos, o atual gordinho de roupas vermelhas tem disputado lugar do velhinho de vestes brancas. Tudo começou em 1931, quando a Coca-Cola lançou uma propaganda com a nova versão de Santa Claus. O cartunista americano Thomas Nast foi o criador do atual Papai Noel, que na época apareceu nas telas da televisão oferecendo uma garrafa de refrigerante para uma garotinha. 
Notícia: Desaparecida há 60 anos, imagem de São Nicolau é devolvida às vésperas do Natal
Site: Santo Ângelo ou o Anjo Santo 
Site: Ritual do Anjo da Guarda Missioneiro Site: São Pedro Apóstolo 
Site: Roteiro por Oratórios, Grutas e Santuários
Site: Capela de São Paulo 
Site: Comunidade Luterana São Paulo 

Site: Arcanjo São Miguel
Site: Santo Padre Roque Gonzales - Mártir Jesuíta Missioneiro
Site: Santo Padre Afonso Rodrigues - Mártir Jesuíta Missioneiro
Site: Santo Padre João de Castilho Mártir Jesuíta Missioneiro

Site: Santo São Nicolau
Site: Inácio de Loyola - Primeiro Jesuíta
Site: São Francisco Xavier, o Santo Missioneiro
Site: São Luíz Gonzaga, Padroeiro da Juventude

EM DESTAQUE

Tenda da Terra

Artesanato Indígena, Artigos Gaúchos, Quadors, Esculturas, Pintura em Tela, Camisetas, livros, Porcelanas, Cestarias e Lembranças da região.

Saiba mais

Sindilojas

Pousada das Missões

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...