Notícias

30/08/2018 19:59


O Espirito Missioneiro se Funde ao Espirito Olímpico.

·         O Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 seguiu,se adaptou como projeto para valorizar os principais pontos turísticos de todo os estados da federação, unindo a população ao governo no trabalho em comum e o mais nobre ato que uma comunidade pode exercer, o espírito de voluntariedade e confraternização. Nisso se salientou em todo o Brasil o espírito Missioneiro, energia que é a única que se compara ao Espírito Olímpico e que levou a todo os envolvidos, principalmente em São Miguel das Missões, Patrimônio da Humanidade ao encanto e orgulho de ter participado de um evento único e secular, impar no histórico de qualquer nação.
Para Recordar:
          Seu trajeto pelo Rio Grande do Sul, e visitou a região das Missões Jesuítas. A rota teve início em São Miguel das Missões e Santo Ângelo e o comboio partiu ainda para Ijuí e Cruz Alta grande Região Missioneira terra da Cruz de Quatro Braços.
·         No município de São Miguel das Missões, dois condutores se revezaram no Sítio Arqueológico de São Miguel Arcanjo. O complexo arqueológico é remanescente do século XVII e fez parte dos chamados Sete Povos das Missões. Índios guaranis da aldeia Tekoa Koenju, participaram da cerimônia na cidade apresentando sua cultura por meio de danças, cantos e artesanato.
·         Crianças das escolas municipais de São Miguel das MissõesMato Queimado e Vitória das Missões formaram os aros Olímpicos, representando os continentes, em frente às ruínas. Bandas tocaram a música Querência Amada, tradicional do Rio Grande do Sul. Bandas marciais também se apresentaram. A rainha e as princesas de São Miguel das Missões representaram a beleza e a simpatia do povo da cidade.
·         Valter Braga criou e coordena o Ponto da Memória Missioneira, um projeto que preserva e recria os rituais e histórias dos povos missioneiros e assim a origem da raça Gaúcha há 16 anos. Queremos remontar as dez partes da história vivida na época das missões e já conseguimos reconstruir três delas. Nosso objetivo é incentivar a valorização da nossa história, levar esse conhecimento para nossas crianças e também para fora do nosso estado”, disse.
·         Aniceto Gonçalves, Cacique da Aldeia Kouenjú - M'bya Guarani em São Miguel das Missões grande líder carismático influencia a comunidade e trabalha em parceria com o IPHAN protegendo os patrimônios das missões e recebendo aos turistas.
·         No Centro Histórico de Santo Ângelo, na Praça da Catedral, aconteceram diversas apresentações tradicionalistas de música gauchesca, além de atividades esportivas com vôlei, basquete, handebol e futebol com o apoio da universidade URI.
·         Floriano Romeu, pagé, deixou de ser cacique da Aldeia M'bya Guarani Tekoá Piãú em Santo Ângelo e seu filho Anildo Kuaray assumiu seu lugar, hoje viaja pelas Tribos e Aldeias do RS ensinando suas crenças, tradições e medicamentos, que foi recebido pelo coral dos índios Tape Porã.
·         Mario Brasil Antunes Gomes, de 78 anos, tem uma história longa no atletismo. Sua primeira competição fora do Rio Grande do Sul foi em 1959, no campeonato brasileiro, com Ademar Ferreira da Silva, bicampeão olímpico de salto triplo. Posteriormente, na categoria master, Mario voltou para as pistas de competição. Aos 50 anos, foi recordista do salto triplo e, em seguida, bicampeão pan-americano e campeão sul-americano. Foi em 1989 que Mario atingiu seu auge, conquistando a medalha de bronze no Mundial de atletismo. "Conduzir a tocha Olímpica é uma emoção muito grande e inesperada, e um reconhecimento por uma vida muito longa dedicada ao esporte", disse.
·         Luciana Beatris De Lima da Luz  maratonista missioneira que a todos contagiou por sua emoção. Em Santo Ângelo, um total de 24 pessoas conduziram o símbolo dos Jogos Olímpicos.  
Todo o material produzido tem o crédito Institucional ao IPHAN/ RS.  
As Cidades Gaúchas do Revezamento Olímpico.
Passo Fundo, Cruz Alta, Santa Maria, Pelotas, Porto alegre e Caxias do Sul são as chamadas “Cidades de Celebração”, ou seja, os seis municípios foram escolhidos para a chama pernoitar, após eventos turísticos locais. No Brasil, estão previstas 83 cidades de celebração que representam a referência do dia por onde a chama deve passar. O ponto alto da celebração é a chegada da Chama olímpica e o acendimento da Pira da Celebração.
O último condutor da Tocha do dia do revezamento chega ao local da celebração e a Chama é conduzida até o palco, onde a Pira é acesa por 30 minutos. No Rio Grande do Sul, além dos eventos de revezamento, está prevista também uma operação especial, em São Miguel das Missões, no dia 4 de julho.
No sítio arqueológico de São Miguel Arcanjo, nas Ruínas de São Miguel, o dia é dedicado a um evento específico chamado pela organização de “Photo Opportunity”, onde ocorre uma celebração de integração entre o patrimônio histórico da humanidade com o símbolo olímpico.    
O circuito oficial do deslocamento passará por Erechim, Passo Fundo, São Miguel das Missões, Santo Ângelo, Ijuí, Cruz Alta, Encantado, Lajeado, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, São Sepé, Caçapava do Sul, Canguçu, Rio Grande, Pelotas, São Lourenço do Sul, Camaquã, Guaíba, Porto Alegre, Canoas, Esteio, Novo Hamburgo, Gramado, Canela, Nova Petrópolis, Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Torres. 
Para garantir a segurança do evento, desde março de 2015 acontecem reuniões e visitas técnicas com os municípios envolvidos, os grupamentos de defesa e inteligência do Estado, além de órgãos de trânsito, guardas municipais e todos os agentes responsáveis por possíveis intervenções nas áreas de Segurança Pública do Rio Grande do Sul.
Confira as respectivas datas da Tocha Olímpica no RS:
- 03/07/2016 – RS - Erechim, Passo Fundo.
- 04/07/2016 – RS - São Miguel das Missões, Santo Ângelo, Ijuí, Cruz Alta.
- 05/07/2016 – RS - Encantado, Lajeado, Santa Cruz do Sul, Santa Maria.
- 06/07/2016 – RS - São Sepé, Caçapava do Sul, Canguçu, Rio Grande/Cassino, Pelotas.
- 07/07/2016 – RS - São Lourenço do Sul, Camaquã, Guaíba, Porto Alegre.
- 08/07/2016 – RS - Canoas, Esteio, Novo Hamburgo, Gramado, Canela, Nova Petrópolis, Caxias do Sul.
- 09/07/2016 – RS - Bento Gonçalves, Torres. 

Acompanhamento e informações interligadas. 
Site: Tocha Olímpica 2016
Notícia: Roteiro da Tocha Olímpica em todo o Riogrande
Notícia: Comunicado da Coordenação da Tocha Olímpica em Santo Ângelo
Notícia: Roteiro da Tocha Olímpica em Santo Ângelo
Notícia: Não é atoa Chomisco que a Tocha Olímpica vem as Missões;
Notícia: Revezamento da Tocha Olímpica em Santo Ângelo
Notícia: Tocha Olímpica vai passar por municípios da AMM dia 4 de julho
Notícia: Tocha Olímpica por Santo Ângelo
Imagem: Tocha Olímpica em São Miguel das Missões
Imagem: Tocha Olímpica em Santo Ângelo
Imagem: Artes e Desenhos Tocha Olímpica 2016
Imagem: Tocha Olimpica 2016 Segurança
Imagem: Tocha Olimpica 2016 Bandas São Miguel, Mato Queimado e Vitória das Missões
O dia que a Tocha Olímpica te deixou uma lição.

EM DESTAQUE

Churrascaria do Chico

Fazendo vontades com sabor, qualidade e economia.

Saiba mais

Clube Gaúcho CG

Famoso clube de Santo Ângelo onde ocorrem diversos tipos de eventos. 

Saiba mais

Roteiro por São Miguel das Missões

É cercado de lendas e costumes, símbolo da Nascente do Riogrande, Patrimônio da Humanidade.

Saiba mais

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...